Quarta-feira, 20 de novembro de 2019, atualizada às 10h26

Casa da Mulher retorna com registro de boletim de ocorrência

Da redação

A Casa da Mulher – Centro de Referência e a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), da Polícia Civil, retomaram o atendimento integrado de Registro de Eventos de Defesa Social/Reds (boletins de ocorrência).

Segundo a nota, o encaminhamento é feito conforme o tipo de violência. Vítimas de lesão corporal ou violência sexual, por exemplo, recebem o acolhimento na recepção única, fazem o cadastro, registram o boletim de ocorrência e são encaminhadas para realizarem os trâmites legais, e as de violência moral, psicológica e patrimonial são atendidas com expedição imediata de medidas protetivas.

Vinculada à Secretaria de Governo (SG) da Prefeitura, a Casa oferece serviços e proteção às mulheres, com mais rigor na punição a cinco tipos de violência nos âmbitos doméstico e familiar: física, sexual, patrimonial, moral e psicológica, conforme a Lei Federal 11.340, de 7 de agosto de 2006, a chamada Lei Maria da Penha. Conta com profissionais para atendimento psicológico, social e orientação jurídica. No local há atendimento das polícias Civil e Militar, para casos de violência contra a mulher.

A Casa funciona na Rua Uruguaiana, 94, Bairro Jardim Glória, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. O telefone de atendimento é o (32) 3690-7292.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.