Terça-feira, 3 de novembro de 2020, atualizada às 11h20

Sebrae Minas realiza encontro de empreendedorismo feminino 

Da redação

O Sebrae Minas realiza, no dia 19 de novembro, o Encontro DELAS 100% on-line. As inscrições gratuitas devem ser feitas no site da Sympla ou na Agência de Atendimento do Sebrae Minas, em Juiz de Fora.

Em um contexto de concorrência acirrada e com as mudanças no comportamento do consumidor, o encontro será composto por palestras pockets de 30 minutos e irá abordar temas relevantes, a fim de propor uma reflexão sobre a importância de se aprimorar as habilidades empreendedoras e conhecer novas ferramentas de gestão. Como destaque, o encontro oferecerá mentorias on-line com especialistas nas áreas de finanças, marketing, planejamento e formalização.

Segundo a analista do Sebrae Minas Daniela Ferreira, o empreendedorismo feminino promove a autonomia da mulher, dando a ela a possibilidade de ser dona de sua própria história. “Além disso, amplia seu espaço e visibilidade, contribui para o rompimento de barreiras sociais e é uma forma de garantir sustento, satisfação pessoal e profissional para as mulheres”, destaca.

De acordo com o Portal do Empreendedor, dos 36.827 MEI formalizados até outubro em Juiz de Fora, 17.716 são mulheres e 19.111 são homens.

Mulheres no empreendedorismo

De acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizada pelo Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade (IBQP) em 2019, em parceria com o Sebrae, os homens se mostraram mais ativos no que se refere ao seu envolvimento com o empreendedorismo em negócios já estabelecidos no mercado do que as mulheres. A taxa dos empreendedores estabelecidos do sexo masculino foi de 18,4%, enquanto a do sexo feminino foi de 13,9%. Em termos absolutos, estima-se que existam quase três milhões de homens a mais do que mulheres empreendendo nesse estágio. Contudo, praticamente não existe diferença entre homens e mulheres quando se trata de empreendedorismo inicial.

Apesar da menor permanência das mulheres na atividade empreendedora, o nível de escolaridade médio delas na população é de um ano superior à média dos homens. Mesmo com taxas de empreendedorismo total menores que as dos homens, a estimativa do número de mulheres empreendedoras no Brasil em 2019 foi de 26 milhões, muito próxima dos 29 milhões de homens.

Programação do Encontro

17h: Os impactos da pandemia nos negócios. Por que as empreendedoras foram mais afetadas?

17h30: Transformação Digital – realidade ou ficção? Como será daqui para frente?

18h: Planejamento e produtividade – dicas para alcançar metas

18h30: O novo comportamento do consumidor - tendências de vendas on-line e dicas práticas de estratégias de utilização das redes sociais

19h: Mentorias (planejamento financeiro, marca pessoal, estratégia e marketing digital)

Serviço
Data: 19 de novembro de 2020
Horário: 17h às 21h
Inscrições: (32) 3257-4712 ou https://www.sympla.com.br/encontro-delas-100-on-line__995247

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.