Jussara Haddad Jussara Haddad 11/9/2010

Em boca fechada não entra mosquito


Foto de casal e beijandoDesculpe-me, isso nunca me aconteceu antes. Mas tenha certeza que a culpa não é sua, que não tem nada a ver com você. Você é uma mulher especial. Sabe, eu acho que deve ser por causa de um caso mal resolvido que tenho lá na minha cidade. Pensei nela e... Acho que comi algo que não me fez bem ou que dormi pouco, a noite passada. Tenho trabalhado demais.

Realmente, existem situações onde o silêncio seria o bastante para ultrapassar qualquer dificuldade ou constrangimento. Então, porque que é que alguns (muitos na verdade) homens insistem em justificar a clássica, digamos... A clássica perda de ereção involuntária no momento em que tudo parecia ir bem?

Porque que é que eles insistem em justificar uma ejaculação precoce ou um surto de sono profundo depois de uma transa com alguém em quem ele estava interessado?

Em Jolan Chang, no Taoísmo do Amor e do Sexo, uma obra que qualquer homem deveria ler encontramos: Qualquer ejaculação que ocorra antes de a mulher se declarar satisfeita é considerada precoce.

As mulheres estão muito sabidas e já preparadas para qualquer uma dessas situações e, de verdade, as justificativas só servem para acabar de vez com qualquer coisa que tenha sido boa até o fatídico momento.

Elas sabem de verdade, que o moço que “morre de repente”, sem nenhuma explicação, poderia estar ali mais bem preparado, mais bem cuidado, orientado por especialistas. Que poderia ter se alimentado com menos nocividade, que poderia tem feito exercícios físicos.  Em outros casos, um relaxamento ou uma sessão de meditação ou ioga, com pranaiamas bem elaborados, como preocupação de viver um bom encontro sexual, poderiam resolver sobremaneira.

Alguns minutos ao dia dedicados à leitura de livros e revistas que apresentam excelentes textos para melhor desempenho sexual, também contribui muito para que o homem se apresente de forma digna à sua parceira.

O imediatismo e pouco caso que alguns (muitos na verdade) homens fazem de seus encontros, seja com parceiras fortuitas, seja com parceiras fixas, onde se julgam garanhões de primeira linha e artigo de primeira necessidade, poderia ser melhor analisado e sinceramente, algum trabalho ou sacrifício dedicado à satisfação da mulher que acreditou que seria bom estar ali com ele.

Pedidos de desculpas não cabem mais. Se, alternativas como as citadas acima representam algum sacrifício a mais na vida dos rapazes, que apelem então para as drogas que prometem o paraíso sexual como forma de recompensar a moça bem intencionada.

Se nada disso for feito, se nada disso causar efeito, por favor, meninos, escutem meu conselho. Fiquem quietinhos de boquinha fechada, carinhosinhos e tentem impressionar a moça de alguma maneira positiva. Use o bom humor e o seu charme avassalador tendo assim, ainda, alguma chance de deixar uma boa impressão.

Os constrangimentos que passamos na vida, muitas vezes são frutos de nossa negligência. Mãos à obra meninos porque elas estão querendo mais. Se você deseja compartilhar em prazer com uma mulher a quem aprecia e deseja, dedique-se a ela.

Uma dica: A pornografia tem efeitos estimulantes, isso é fato. Entretanto, como em tudo na vida se usada em exagero para estimulo à masturbação, pode prejudicar o homem no momento em que estiver com uma mulher de verdade.



Jussara Hadadd é filósofa e terapeuta sexual feminina
Saiba mais clicando aqui.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.