Artigo
Perna curta, salto alto
:::26/09/2005

Que Cazuza, lá do Além, me perdoe, mas mentiras sinceras definitivamente não me interessam. Como muita gente, eu também odeeeeio ser enganada e prezo pela sinceridade da voz do coração. Mas não adianta nem tentar me enganar nessa história porque todo mundo já se pegou cometendo esse pecado que pode ser mortal ou nada original.

Homens com "H" acham que são mestres na arte de pregar pecinhas em nós. Só que - cartas na mesa! - eles dissimulam sim, mas sem sensibilidade, sem sofisticação, sem apuro e, às vezes, acham que a gente é imbecil.

Alô, alô, Realengo! Estamos vacinadas contra mentiras deslavadas e desalmadas! Tentar pérolas como "Juro que você é mais linda do que a Carolina Dieckmann" e "Não olhei praquela loira" ou ainda "Olha, você não vai porque só tem homem nesse bar" já não cola mais, copiou?! Essas são clássicas, já executadas por praticamente todas as categorias de marmanjos - dos bonzinhos aos cretinos fundamentais. São algumas que fazem parte da infinita lista que os homens carregam naquelas cacholas desordenadas e desprovidas de um mínimo de creme leave-in.

Mas, olha, têm piores. Daquelas do tipo "Pode deixar que eu te ligo" podem estragar toda a programação do final de semana das solteiras e até provocar dor-de-barriga de tanta ansiedade. Pura maldade!

E mais maldade ainda são aquelas que coroam a falta de criatividade ou beiram à cafonice. É assim: toda namorada que o mocinho arruma, ele dá os mesmos presentes, leva para passear nos mesmos lugares, chega ao cúmulo de chamar do mesmo apelido carinhoso e jura de pé junto que nunca fez isso antes. Mas, a perna curta da mentira deles não usa salto alto, e a gente sempre acaba descobrindo. Aí, dá até pena!

Diz o ótimo cronista e observador Luiz Fernando Veríssimo, no livro "As mentiras que os homens contam", que no mundo dos machos, a simulação é, sobretudo, para o bem das mulheres.

Ai, ai, ai, peraí, né! Eles também querem garantir uma divertida noite com os amigos ou ouvir a gente falar menos no cabeção deles.

É claro que não vou ficar levantando bandeira de que somos santas. Também mentimos e somos muito boas nisso. Entretanto, mais perspicazes, mais conectadas, mais inteligentes nesse quesito também. Isso sem falar na encenação melodramática maravilhosa de que somos capazes. Se bem executada, num dia de inspiração, é in-fa-lí-vel!

Bonita, atire o primeiro salto alto quem nunca soltou um "Estou pronta em um minutinho!" ou "Ciúmes daquelazinha?! Lógico que não". E, peralá, nem me venha falar da malícia de toda mulher. A grande maioria de nós, sim, usa o poder de feiticeira para o bem geral da nação. Neste caso, as mulheres mentem por amor e isso nos redime pra sempre. Vai encarar?!



Nada santas
Brincar com a poesia de Cazuza e Caetano na coluna deste mês para defender as bonitas me obriga a redimir com a boa MPB. Por isso, apresento meu compositor atual preferido: Zeca Baleiro. Sempre sublime, com imperdíveis versões para as nada santas. "Você só pensa em grana", especialmente para as cachorras, "Salão de beleza", para o império da futilidade, e "Piercing" para as vulgares que acreditam que supermercado é lugar de ser feliz.



Indecentes mentirosos
Anos atrás, o hoje técnico Renato Gaúcho prometeu que, caso o Fluminense fosse rebaixado para a segunda divisão do campeonato brasileiro, ele desfilaria pela praia de Ipanema exibindo todo seu "corpitcho" sem roupas. Também o ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf, confirmou que daria toda a sua grana caso alguém encontrasse contas dele em paraísos fiscais. Por muito tempo, Nelson Rodrigues tinha dupla identidade e se passava pela articulista Suzana Flag para assinar crônicas que falavam de amor. Desses indecentes e mentirosos, só perdôo o Nelson, o instigante e eterno anjo pornográfico.



Clique aqui e mande sua sugestão sobre esta coluna

Andréia Barros é jornalista
Saiba mais, clicando aqui!

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.