SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve ter como uma de suas metas na área externa reforçar a estrutura de apoio consular a brasileiros nos Estados Unidos.

Há um diagnóstico de que a rede de amparo é insuficiente tanto para os que vivem no país, muitas vezes de forma irregular, quanto para os que são pegos tentando entrar no território americano. Muitos são deportados de volta ao Brasil sem assistência jurídica ou social.

O grupo de trabalho que cuida da área externa na equipe de transição colocou como objetivo fazer um diagnóstico orçamentário do Itamaraty para decidir pela abertura de novos postos consulares ou reforço dos já existentes.