Artigo

Fluxo de caixa

Colaboração: CAMPE 15/03/2001

Atualmente, para que uma empresa possa administrar seus custos e receitas de modo eficaz, é indispensável que ela utilize ferramentas de controle financeiro, sendo o Fluxo de Caixa uma das mais utilizadas entre o meio empresarial.

Pode-se classificar o Fluxo de Caixa como um instrumento gerencial, cuja finalidade principal é a de auxiliar o processo decisório de uma organização, visando sempre atingir os objetivos esperados. O Fluxo de Caixa se difere dos balancetes contábeis por retratar a situação real do caixa na empresa, não existindo portanto categorias relacionadas ao patrimônio físico da empresa, como por exemplo, o Ativo Imobilizado. Na verdade, a "camuflagem" estabelecida por esses balancetes não se faz presente no Fluxo de Caixa.

Dentre as inúmeras vantagens decorrentes do uso do Fluxo de Caixa, destacam-se:

Visão integrada do caixa

Na verdade, a preocupação com relação ao caixa passa a ser visualizada por todos os membros da empresa, de modo que cada um possa perceber a importância de se buscar a otimização do caixa, através do aumento de entradas ou redução de saídas.

Alta preocupação com competitividade e desempenho

Ao se projetar um Fluxo de Caixa, parâmetros de desempenho são definidos.
Ex.: Se uma empresa vender X, sua atuação será modesta no mercado, sem influenciar a concorrência. Se vender X + Y sua atuação será satisfatória e equiparada aos dos concorrentes; mas caso ela venda X + Y + Z, sua atuação passa a ser ótima e supera a condição dos concorrentes. Com isso, esses indicadores de desempenho norteiam a empresa quanto aos seus objetivos e metas a serem alcançadas.

Equilíbrio financeiro de caixa

Permite à empresa conhecer seu ponto de equilíbrio com relação ao caixa, ou seja, determinar qual o volume de capital precisa estar presente, ao mínimo, para que a empresa possa arcar com seus custos do dia-a-dia. Este procedimento evita situações prejudiciais à empresa como a falta de caixa, o que pode gerar dívidas com empréstimos e o excesso de caixa, situação esta referente a uma reserva muito alta de capital no caixa e que poderia ser tranqüilamente reaplicada em outros investimentos (custo de capital).

Por fim, para que o Fluxo de Caixa possa atingir resultados significativos para a empresa, é necessário que todos os membros e departamentos estejam envolvidos com o processo, de maneira a alcançar a sinergia e otimizar o desempenho da empresa.

Colaboração:
CAMPE - Consultoria a Médias e Pequenas Empresas da
Faculdade de Economia e Administração da UFJF.
www.campe.com.br

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.