Artigo
Tenha seu certificado
de Excelência Profissional
::: 25/11/2002

Mais uma vez vamos iniciar nosso artigo com uma pergunta. Você tem excelência no que faz? Se sua resposta é sim, ótimo. Mas, além de falar, quero que você pense sobre como poderá provar que é realmente bom no que faz? Falar é fácil e qualquer um pode falar. O que queremos, agora, são "provas" da sua excelência. Se você não tem essas "provas", está correndo um sério risco. São elas que lhe darão segurança e proteção quando for questionado de alguma maneira. Também é um grande argumento para aquele pedido de aumento, ou mesmo para mostrar que você é importante na empresa e assegurar seu lugar.

O que são indicadores e para que servem?

Os indicadores são dados mensuráveis que apontam como estão seus resultados, seu desempenho. O estabelecimento de indicadores é importante, pois ele será a comprovação de como vai a qualidade do serviço/atividade oferecido. Para a empresa, é uma ferramenta de ação e manutenção do sistema/processo. Para os colaboradores, é a mensuração dos resultados do trabalho efetuado. Isto significa o certificado da eficiência e eficácia deste trabalho.

Para se ter idéia do quanto isto é significativo para sua carreira, hoje, nos currículos bem elaborados, quando alguém coloca uma função que exerceu, ela deve vir acompanhada dos resultados alcançados e não apenas de uma mera descrição de atividades como a maioria das pessoas ainda o faz. Para endossar esta afirmação, faça o seguinte: se você possui o Word instalado em seu computador, execute-o. Depois, faça a seguinte seqüência: arquivo - novo - outros documentos e escolha um dos três tipos de currículos modelos que estão disponíveis. Ao abrir o arquivo, você verá um currículo modelo em nome de Débora Gouveia. Veja o que vem na descrição após cada cargo ou experiência profissional. Isto é uma descrição de resultados apontando indicadores relevantes que comprovam a excelência da fictícia profissional em questão.

Como estabelecer indicadores?

Agora que você já percebeu a importância de criá-los para a sua carreira, vamos aprender a defini-los e trabalhar com eles. Vale lembrar que isto está diretamente ligado a dois itens abordados anteriormente: avaliação de desempenho e plano de desenvolvimento. Isto porque os resultados são intimamente relacionados, como já vimos, ao desempenho de suas competências essenciais. Para estabelecer seus indicadores é preciso ter em mente os seguintes pontos:

  • Atividade/tarefa - para cada tipo de atividade/tarefa poderemos criar um ou mais indicadores diferentes. Dentro de sua função há várias atividades, agrupe-as dentro das dimensões que levarão a um resultado;
  • Dimensões - são os itens que irão compor o resultado esperado. Ou seja, para que você tenha um bom desempenho;
  • Requisitos - são as definições do que será um bom desempenho de cada dimensão;
  • Medidas - como serão verificados os resultados;
  • Padrões - quais os resultados e/ou metas para cada item.
Para clarear e solidificar estes conceitos vamos usar alguns exemplos:

Tarefa Dimensões Requisitos Medidas Padrões
Treinamento Índice de Satisfação

Assimilação e Mudança

Avaliação de Impacto

Redução do número de quebras no equipamento X

Satisfação dos treinandos

Nº de quebras antes / Nº de quebras depois

O% ruim
Até 35% bom
Min. 65% excelente

Redução em no mínimo 25%

Vendas Vendas Totais

Exatidão

Aumentar o volume de vendas

Sem erro

Valor total das vendas do mês

Pedidos corretos / Total pedidos

R$ mês anterior + 10%

100%

Gerenciamento Redução de Custos Implantação de Melhorias Custos antes / custos depois Redução em no mínimo 10% por semestre
Manutenção de Micros Eficácia Sem retorno Número de retornos 0

Para se estabelecer um padrão, é necessário que se tenha um propósito claro, isto significa o porquê daquilo ser assim.

Conquistando seu certificado

Tendo um histórico de seus resultados, você terá uma ferramenta poderosa para entender sua carreira, além de direcionar e mensurar seu desenvolvimento. Na medida em que seus resultados forem melhorando, você terá em mãos o melhor certificado de Excelência Profissional que poderá receber. Elabore seus indicadores e tenha as provas necessárias para demonstrar sua excelência. Isto é sua garantia. Mas, se ao fazer este levantamento, você se deparou com dados nada animadores e descobriu que seu desempenho não está nada bem, não desanime. Recomece. Agora, você tem um indicador que apontará os rumos que deve tomar. A responsabilidade do aperfeiçoamento e do desenvolvimento constantes é exclusivamente sua. Não cruze os braços, este certificado estará à sua disposição se você seguir em frente. Leia atentamente os artigos anteriores e comprometa-se com a pessoa mais importante neste mundo: você.

Não espere. Faça melhorar!


Eduardo Santos é psicólogo e consultor
formado pelo Centro de Ensino Superior
de Juiz de Fora e Pós-Graduado em Consultoria em RH.
Saiba mais clicando aqui.

Mande sua pergunta,
esclareça sua dúvida sobre mercado de trabalho com
o consultor Eduardo Santos.



Conteúdo Recomendado