• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios

    Quatro Maneiras de lidar com as situações

    Nome do ColunistaCristiano Moreira 7/12/2018

    “Um viajante se aproximava de uma grande cidade e perguntou a um velhinho que estava na beira da estrada como eram as pessoas daquela cidade. O velhinho perguntou “como eram as pessoas da outra cidade que você veio?” o viajante respondeu: “horríveis, nada confiáveis” o velhinho respondeu: “Você verá a mesma coisa aqui”. E o viajante foi embora. Outro viajante aproximou-se e perguntou ao velhinho como eram as pessoas daquela cidade e velhinho fez a mesma pergunta que fez para o primeiro viajante “como eram as pessoas da outra cidade que você veio?” O viajante respondeu: “Eram pessoas muito boas. Honestas e confiáveis” e o velhinho respondeu a mesma coisa que disse ao primeiro viajante: “Você verá aqui a mesma coisa”.

    Como você lida com as situações que acontecem com você?

    Existe um princípio que foi descrito no livro “os 7 Hábitos das pessoas Altamente eficazes” chamado “princípio 90/10”; que diz que 10% das nossas experiências depende do que acontece conosco enquanto 90% depende de como reagimos a elas. Na PNL ensinamos que não é o que acontece com você que é o mais importante, e sim o que acontece EM você; ou seja, o que acontece dentro de nós é mais importante do que o que acontece fora de nós.

    Dependendo de como reagimos podemos solucionar ou piorar os problemas. Por exemplo, se derramam café em sua roupa e você reage com agressividade a esta situação, esta reação pode piorar a situação e gerar uma série de eventos piores ainda; já se você agir com assertividade, solucionando a situação, sem necessariamente ser agressivo, esta reação pode gerar uma série de resultados que vão ajudar você a ter um dia mais agradável ao invés de desagradável. Faz sentido para você?

    Na Neuro-semântica (PNL para alto performance), estudamos a psicologia da autorrealização e o desenvolvimento de quatro olhares para transformar as situações. Junto com este conceito dos quatro olhares, quero apresentar para vocês um princípio que aprendi com as artes marciais que acredito que lhe dará a flexibilidade para lidar com as diversas situações que você vive. Eu não sei em qual área você precisa desta flexibilidade para enfrentar as experiências, o que eu sei é que uma destas maneiras pode ser a melhor para você solucionar o que está vivendo seja em qualquer área, relacionamentos, vida profissional ou pessoal; Vamos conhecer as quatro maneira, então:

    1ª Ignorar a Situação

    Às vezes é uma boa solução; existem coisas que não valem a pena considerar e gastar energia. Quando ficamos presos a detalhes, corremos o risco de perder o essencial. E como diz o ditado bíblico, “coar um mosquito e engolir um camelo”.  Existem pessoas que se preocupam com tudo porque não sabem ignorar algumas situações que não valem a pena desperdiçar energia. Dizem que a ignorância as vezes é uma “benção” ou “o que os olhos não vêem o coração não sente”.

    Porém, ignorar não é a solução para todas as coisas. A ignorância pode causar acidentes além de limitar a ação das pessoas. Aquilo que está sob a nossa responsabilidade precisa ser visto e não ignorado. Por exemplo, um problema em seu relacionamento, na sua saúde ou trabalho cuja as consequências podem ser desastrosas. Neste caso, as situações precisam ser consideradas.

    Quais são as coisas que você realmente precisa ignorar e quais as que você precisa considerar?

    Você tem desperdiçado energia com coisas que não tem nenhuma relevância?                             

    E se você as ignorasse o que de pior aconteceria?

    Você que precisa perceber e avaliar se esta situação é para ser considerada ou ignorada. Faça as perguntas para você mesmo sobre isso e perceba quais situações precisam ser consideradas ou ignoradas. Vamos conhecer a próxima maneira de lidar com as situações.

    2ª Aceitar a Situação

    Aceitação é poder! Muitas vezes a maneira poderosa de lidar com as situações e vencê-las é aceitando. Gastamos muita energia resistindo a coisas que não podem ser alteradas. Então, a melhor forma de lidar com elas é aceita-las.

    Este olhar na PNL é chamado de consciência sensorial. Ver as coisas como elas são. Sem as interpretações de nossa cabeça, apenas constatando o que vê e ouvi e senti em seu corpo, por exemplo frio ou calor; o que normalmente acontece é que “contaminamos” as situações com os nossos julgamentos e interpretações.

    Alguém fala algo para você e logo vem as interpretações daquela fala, quando muitas vezes é só aquilo que você ouviu e não o que você está pensando que tem por trás daquilo, entende? Então o terapeuta Fritz Perls disse “perca a cabeça e recupere o juízo” porque criamos várias histórias em nossa cabeça que, muitas vezes, não correspondem com a realidade.

    Claro que a aceitação que estamos falando aqui não é sobre fatalismo e sim sobre situações que não podem ser alteradas. As situações que não tem solução soluciona-se aceitando-a, mas as que podem ser solucionadas devem ser enfrentadas, não é hora de ficar de braços cruzados deixando acontecer; é momento de enfrenta-las com a próxima maneira de lidar com as situações. Vamos a ela.

    3ª Resistir a Situação

    Resistir as situações é “comprar a briga” de alguma coisa que você não quis ignorar ou aceitar. Algumas vezes é necessária lutar para a mudança acontecer. Aceitar por exemplo, ser uma versão medíocre ou inferior de si mesmo quando existe potencial de muito mais em você não é para ser ignorado ou deixar como está, você precisa lutar para vencer a inércia de sua mediocridade e viver acima da média.

    Porém, a resistência causa desassossego e gasta muita energia. Existem pessoas que lutam contra o fluxo natural das coisas e se desgastam muito com isso. A resistência pode ser a origem de várias doenças e mal estar nas relações, por isso é preciso saber escolher bem por quais situações valem a pena lutar e quais não se deve desperdiçar energia.

    Mas, e quando ignorar, aceitar ou resistir não são a melhor opção o que fazer? A próxima maneira vai responder a esta pergunta.

    4ª Fluir com a Situação

    Fluir com as situações é fundir-se com elas e fazer uso delas a seu favor! Assim como os pássaros usam o vento para voar abrindo as suas asas, quando você lida com as situações desta forma você flui com elas. Nas artes marciais é chamado de princípio da não-resistência, muito usado no Jiu-jitsu e aikidô assim como em outras artes marciais como Karatê (arte marcial que eu pratico) e outras.

    Não é passividade como aceitação ou ignorar, tão pouco se trata de brigar contra as situações, e sim usar as forças da mesma para solucioná-las. Existem muitas metáforas que exemplificam essa maneira de lidar com as situações “siga a corrente do rio”, “quando a vida te der limões faça limonada”, “transforme os obstáculos em degraus”, etc.

    Na PNL chamamos de ressignificação ou reenquadramento, a arte de transformar uma situação negativa em positiva. Nem toda situação é boa, mas toda situação pode servir para o bem. Os jogadores de golfe usam o fluxo do vento para fazerem suas jogadas.

    Então, ao invés de ver uma situação como sua “inimiga” perceba como ela pode ser sua aliada naquele contexto ou em um outro contexto de sua vida; uma das maneiras de reenquadrar é perceber a utilidade da situação em um outro contexto; a outra maneira é ressignificar a própria situação interpretando ela não de forma negativa, mas de forma positiva.

    Por exemplo, se criticaram você, pode ressignificar a crítica como um feedback para melhorar ou pode leva para um contexto de competição e perceber que quem se ressente com seu sucesso tende a criticar ou até as duas coisas, enfim, está nas suas mãos o poder de transformar as situações adversas em suas aliadas para o seu próximo nível de desenvolvimento.

     “O que uma lagarta chama de fim do mundo o mestre chama de borboleta”  
    Richard Bach

    Cristiano Moreira Palestrante e formador de pessoas há 20 anos na área religiosa. Desde 2009 ampliei a minha área de atuação por meio do autoconhecimento, Coaching e outras formações. Tornei-me Coach Treinador comportamental em PNL e Neuro-Semântica, Hipnoterapeuta e atuo na área de Gestão de Pessoas - minha formação academia. Em 2015, fundei a Dynamis, com objetivo de levar empoderamento e desenvolvimento nas áreas profissional e pessoal.

    Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.