Terça-feira, 1º de março de 2011, atualizada às 19h26

Foliões devem ficar atentos com os gastos no Carnaval

Jorge Júnior
Repórter
carnaval

Com a aproximação do Carnaval, que começa nesta sexta-feira, dia 4 de fevereiro, os foliões devem ficar atentos com os gastos para a época. De acordo com o economista Lourival Batista de Oliveira Júnior, a data não é propícia para extravagâncias. "Estamos saindo dos gastos de final de ano. Talvez as pessoas gastaram mais do que podiam com o 13º salário."

Outros motivos para economizar são os impostos do início do ano, além das compras de materiais escolares, os gastos nas férias e a declaração do Imposto de Renda. O economista acredita, ainda, que, este ano, o crescimento da economia vai ser menor, comparado ao ano anterior. "O governo está provocando uma série de ajustes, as pessoas têm que pensar duas vezes antes de gastar no Carnaval."

Lourival diz que é necessário fazer uma análise da situação financeira. Se a pessoa tiver dinheiro sobrando e quiser gastar na folia, deve, sempre, avaliar e pesquisar as melhores ofertas e a qualidade do produto oferecido. "As compras à vista são as melhores opções por causa do desconto." Já para quem não está em boas condições, o aconselhável e não fazer gastos extras. "É preciso analisar a situação, antes de se precipitar", recomenda.

Dívidas após a folia

Para quem gastar além do limite, nos dias da folia, o recomendado é negociar saldo negativo no banco, porque as taxas de juros são menores. "A pessoa deve organizar um esquema de pagamento, que caiba no bolso e não prejudique o orçamento."

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Enquete
Qual é a melhor forma de evitar os gastos excessivos no Carnaval?




Ver resultado

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.