A importância do controle de caixa para sua empresa


Leandro Bitencourt Albino 23/09/2020

Continuando nossa série sobre Controles Financeiros, nosso assunto de hoje é o Controle de Caixa. Então vamos entender um pouco mais sobre este assunto.

Apesar de se mostrar aparentemente simples, o controle adequado do caixa da empresa é vital para a gestão financeira. Assim, a falta de rigor em sua utilização pode levar a grandes equívocos e até mesmo enormes prejuízos para a sua empresa.

Saber com clareza os recursos recebidos pelo caixa e todos os desembolsos é vital para o seu negócio, gerando informações claras para a tomada de decisão, além contribuir para a saúde financeira da empresa. 

Desta forma, conforme vimos em nossa última coluna, o Controle de Caixa ou Boletim de Caixa tem como finalidade registrar todas as entradas e saídas de dinheiro, além de demonstrar o saldo em espécie existente no caixa. Através dele, é possível verificar o total de recebimentos em dinheiro e despesas pagas durante o dia, determinado período ou durante o mês.

Vejamos então na prática como ele funciona:

•  Ao iniciar seu controle de caixa você deverá sempre observar o saldo final do caixa relativo ao mês anterior.

•  A descrição das operações deve ser detalhada de forma que se possa identificar com clareza a origem do recebimento ou o destinatário do pagamento e com isso facilitando consultas futuras. Como exemplo, citamos os lançamentos de recebimento de vendas à vista conforme tabela acima, identificando a nota fiscal bem como o pagamento de boletos de fornecedores com a identificação do número do boleto e nome do fornecedor.

•  Os depósitos bancários devem ser considerados como saídas de caixa, já os saques em conta corrente devem ser lançados como entrada de recursos no caixa da empresa e com isso possibilitando sua conferência com o extrato bancário.

•    Para aquelas empresas que ainda trabalham com cheques, considerando que os mesmos representam ordens de pagamento à vista é importante ressaltar que para melhor controle dos cheques emitidos a empresa pode realizar o controle pelo boletim de caixa. Neste caso, o cheque representará uma “entrada” de caixa e o pagamento realizado com o mesmo representará uma saída de caixa.

•    Com relação aos demais desembolsos, igualmente devem ser detalhados com clareza de informações.

O Controle de Caixa poderá ser realizado em papel ou em meio digital. Caso a empresa não possua um sistema de informática, sugiro que o controle de caixa seja realizado em uma planilha eletrônica (Excel), o que possibilitará a fácil localização de informações.

Em nossa próxima coluna continuaremos nossa série sobre os Controles Financeiros e nosso assunto será o Controle de Contas a Receber, incluindo o controle de recebimentos de vendas por cartão de crédito sendo hoje um dos principais meios de recebimento.

E na sua empresa como anda o seu controle de caixa? Consegue ter uma visão diária e imediata da sua realidade? Em tempos de enormes desafios saber a realidade do seu caixa é fundamental para a saúde financeira da sua empresa!

Gostou desse assunto? Então compartilhe essa informação importante e fique ligado em nossa coluna!

Um abraço e até a próxima.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.