Juizforanos vão ao shopping Com cerca de 150 lojas, o Independência Shopping abre suas portas e a cidade tem mais uma opção de compras e lazer


Priscila Magalhães
Repórter
22/04/2008

O Independência Shopping foi inaugurado na tarde desta terça-feira, 22 de abril, e a chuva não impediu que os juizforanos saíssem de casa para conhecer a nova opção de lazer, compras e alimentação da cidade. Com cerca de 150 lojas, o espaço vai oferecer novidades em lojas de departamento, alimentação, artigos esportivos, brinquedos e livrarias, que se misturam a outras conhecidas nacionalmente.

Em um primeiro momento, a expectativa é que as vendas aumentem no mês de maio com o novo empreendimento. Se a expectativa de vendas para o Dia das Mães era de 8% a 10%, agora o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Juiz de Fora (CDL-JF), Vandir Domingos da Silva, está mais otimista. "Não vou precisar, mas acredito que vá ultrapassar esse número. Estamos em um momento muito especial", afirma.

A esteticista Célia Marina Lara saiu de casa para conhecer o novo espaço e não pretende comprar nada, ainda. "Está tudo muito bonito e a cidade estava precisando disso", diz. Para ela, o shopping não vai atrapalhar o comércio do centro. "Há hora para tudo".

Maria das Graças Miranda Gonçalves diz que a maioria das lojas tem o preço alto e acredita que o movimento deve ser maior no fim de semana. "Vim para conhecer e gostei muito".

foto de sandálias foto de botas foto de botas

O subgerente de uma loja de vestuário, Vítor Brion, está com a expectativa grande em torno das vendas. A loja na qual ele trabalha também está localizada no centro, onde o movimento não deve cair. "As lojas que estão aqui são muito boas. Juiz de Fora estava precisando de um empreendimento como este". Para ele, o Independência vai atrair pessoas da região. "Ele está na entrada da cidade, o que é bom", completa.

O Independência Shopping é o de número sete, na cidade, segundo o Juiz de Fora e Região Convention & Visitors Bureau. O mais antigo é o Marechal Center.

Veja a lista dos shoppings de Juiz de Fora
  • Marechal Center
  • Santa Cruz Shopping
  • Shopping Rio Branco
  • Mister Shopping
  • Braz Shopping
  • Alameda Mall
  • Independência Shopping
No shopping ou no centro?

A inauguração do novo shopping provoca boatos sobre o enfraquecimento do comércio e shoppings da região central. Vandir diz que essa possibilidade não existe. "Em um primeiro momento pode ser que isso aconteça. Ele vem para fortalecer o comércio da cidade, principalmente por atrair compradores da região".

Para a gerente de marketing do Independência, Tatiana Monteiro, a cidade tinha uma demanda reprimida muito grande. "Há espaço para todos eles", afirma. Segundo ela, ele não veio para quebrar o comércio, como muitas pessoas dizem, já que há quem prefira o conforto do shopping e quem prefira comprar no centro. "Há uma demanda para tudo, na cidade".

foto de sandálias O gerente de marketing do Santa Cruz Shopping, Bruno Fonseca, não teme a chegada do Independência, apesar de confessar que, no início, o movimento vai cair um pouco. "Vamos sentir, porque ele é novidade". Para ele, existe um elemento muito forte que favorece o comércio do centro: a cultura do comércio de rua. "Essa cultura é muito forte por aqui e o que mostra isso é o fato de termos três calçadões. As pessoas não vão deixar de vir ao centro e o Santa Cruz está aqui".

Outro fator que Bruno percebe é o fato de o Independência precisar conquistar as pessoas e levá-las para lá. "Eles vão precisar lutar mais para tirar as pessoas do centro do que nós para não perdê-las", afirma. O gerente diz que há um desafio para o empreendimento e o que faltou foi investir mais em novidades. "Eles são um gigante no meio de um bairro com uma população menos favorecida. Deviam ter investido mais em novidades". Mas ele é otimista e acredita no crescimento do comércio em geral.

foto de sandálias Para o gerente comercial e de operações do Alameda, Ricardo Derze Coppus, nos três primeiros meses, o shopping pode ficar afetado, o que não significa desespero. "Vamos aproveitar esse momento para investir e melhorar. Vamos mexer na fachada, colocar mais elevadores, entre outras coisas", diz.

Para ele, o Alameda é um shopping de vizinhança, por isso o movimento não vai ficar afetado. "No início é normal. Todos querem conhecer a novidade. Mas, como estamos em um bairro, as pessoas vão ter que passar pela nossa porta para irem ao Independência. Depois de um tempo, elas acabam ficando por aqui mesmo", explica.

Ricardo diz que, se o Independência der certo, há possibilidade de melhora para o Alameda também. "As pessoas vão para lá, mas elas vêm aqui também. Ele não é nosso inimigo, mas nosso parceiro, e a concorrência é salutar". Para ele, o sucesso do Independência vai depender de fatores como transporte, segurança e um trabalho social, de integração. Além disso, a proposta é diferente. "O Independência foi pensado para atender a região e nós atendemos os bairros próximos a nós".

Transporte

Foto de pessoas pegando ônibus para irem ao shopping Centro - Shopping

  • 525 - Universidade
  • 539 - Santos Dumont
  • 545 - Universidade
  • 548 - Adolpho Vireque
  • 560 - Independência

Shopping - Centro

  • 532 - São Pedro
  • 534 - Santos Dumont
  • 535 - Universidade
  • 541 - São Pedro
  • 545 - Universidade
  • 560 - Independência

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.