Lojistas esperam vender 15% a mais no Dia dos NamoradosData comemorativa é a terceira melhor do ano para o setor. Em Juiz de Fora, comércio funcionará em horário especial

Patrícia Rossini
*Colaboração
2/06/2009

A chegada do dia 12 de junho, quando se comemora o Dia dos Namorados, é aguardada com expectativa pelos lojistas de Juiz de Fora. A data é considerada a terceira melhor do ano para o comércio, ficando atrás do Natal e do Dia das Mães. Segundo dados levantados pelo Sindicato do Comércio (Sindicomércio), para 2009, a previsão é de que as vendas sejam até 15% superiores ao mesmo período do ano passado.

"Todas as datas comemorativas são muito bem-vindas para o comércio, pois ajudam a alavancar as vendas", afirma o presidente do Sindicomércio, Emerson Beloti. Com base na pesquisa feita pela entidade, Beloti acredita que os setores de vestuário, calçados e perfumaria serão os mais beneficiados. "Há uma tendência de crescimento maior nesses setores, mas a data também movimenta as joalherias e as lojas de chocolate, por exemplo."

A maioria dos entrevistados pelo sindicato declarou intenção de gastar entre R$ 50 e R$ 100 com o presente do Dia dos Namorados. A forma de pagamento preferida é à vista. O cartão de crédito aparece em segundo lugar. "Cada lojista adota um critério para atrair os consumidores. Pode ser uma opção de parcelamento ou o desconto para compras à vista, depende do valor agregado do produto", completa o presidente.

Em função da data, o comércio funcionará em horário especial no próximo sábado, dia 6 de junho, quando as lojas ficarão de portas abertas até as 18h.

Para todos os bolsos

Quem passeia pelas ruas do Centro pode observar a decoração especial para o Dia dos Namorados nas vitrines. Corações, mensagens românticas e até manequins de mãos dadas brigam para chamar a atenção do consumidor e se misturam aos produtos em exposição. Em alguns lugares, a decoração anuncia promoções e formas de pagamento.

Para ajudar o internauta a escolher um presente para a pessoa amada, o Portal ACESSA.com reuniu algumas sugestões de produtos masculinos e femininos, que são as apostas dos vendedores para a data comemorativa. Confira as opções na galeria.

Foto de canecas Kit para o dia dos namorados Vitrine com decoração do dia dos namorados

Se a ideia é economizar, sem deixar o romantismo de lado, a dica da vendedora Fernanda de Sá são as canecas temáticas e os porta-retratos. "Como o preço é mais em conta, as canecas são as campeãs de vendas no Dia dos Namorados. O porta-retrato também é uma opção barata e agrada bastante."

Segundo ela, o consumidor também pode optar por kits prontos ou personalizados, e escolher várias lembrancinhas especiais. "Muitas pessoas chegam sem a certeza do que vão comprar e acabam pedindo uma sugestão. Costumo mostrar o kit pronto, mas o cliente acaba aproveitando a dica para montar uma caixa personalizada."

Amor bem vestido

Com a chegada do inverno e com o frio cada vez mais intenso, as roupas conquistam a preferência da maioria dos entrevistados pelo Sindicomércio (49,62%). Para as mulheres, a moda Foto de Renata Santosreserva muitas tendências, como o uso de estampas de bichos, sozinhas ou misturadas a outras estampas, tachas, meias e leggings.

"Uma novidade deste inverno, que é a peça-curinga da estação, é a legging jeans. Ela não tem zíper, é confortável e veste bem", recomenda a gerente de uma loja feminina, Renata Santos (foto ao lado). De acordo com Renata, os namorados podem apostar em artigos de tricô, boleros, casacos e coletes para agradar no dia 12.

Para as namoradas, a tarefa de escolher o presente é, aparentemente, mais fácil. "As mulheres costumam chegar com um pensamento na cabeça, procuram por uma peça específica e não desistem até encontrar", declara o vendedor de outra loja, Robert Bruno (foto abaixo).

Segundo ele, os artigos de inverno - casacos, blusas de linha, malha foto de robert brunocom mangas compridas e moletons - são os mais vendidos. Entretanto, garante que as bermudas e camisetas de malha também têm boa saída no Dia dos Namorados. "A moda dá muitas opções, como a gola polo, que pode ser de manga curta ou comprida, as camisetas básicas com gola V, que estão em alta, e as bermudas cargo. Como elas são mais grossas, também são procuradas na estação mais fria do ano."

Na hora de escolher o presente-curinga, Robert elegeu o cachecol e o jeans. "Os cachecóis estão na moda e ficam bem nos homens e nas mulheres. O jeans não tem erro, é a roupa que agrada todo mundo." Entre as cores da estação, o vendedor recomenda o roxo e o azul marinho, além do preto e do cinza, já consagrados pela moda de inverno.

*Patrícia Rossini é estudante de Comunicação Social da UFJF

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.