• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios

    Concessionárias apostam em promoções para manter vendas Sem o IPI reduzido, saída para atrair os clientes é facilitar o pagamento e agregar benefícios, como o emplacamento grátis

    Pablo Cordeiro
    *Colaboração
    17/6/2010

    Para que as vendas de carros não declinassem após o fim do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) reduzido, muitas concessionárias e montadoras resolveram apostar nas promoções. Segundo o presidente do Sindicato das Concessionárias e Distribuidores de Veículos de Minas Gerais (Sincodiv), Mauro Pinto de Moraes Filho, a criatividade nas promoções e a força de vontade são a fórmula do sucesso para as concessionárias manterem a sustentabilidade.

    Para o proprietário de uma concessionária, Dimas Guedes Mattos, a queda nas vendas devido ao retorno do imposto ainda não foi sentida. "A economia deu uma retraída em função da economia global. Com promoções, descontos e subsídios de fábrica, há veículos com preços mais atrativos do que em períodos de IPI reduzido." Mattos acredita que a confiança do cliente é a chave para que ele adquira o veículo. "Consumidor confiante compra. Hoje temos muitos feirões e juros a 0%. A pessoa encontra carros mais baratos do que nos meses anteriores."

    O gerente de vendas de uma concessionária da cidade, Adriano Torres Mattar, diz que a estratégia é fazer descontos e conceder o IPVA e o emplacamento gratuitos. "Sem dúvida, os benefícios chamam a compra ", explica. Mattar também revela uma boa expectativa para os próximos meses. "O foco é não perder o ritmo do IPI reduzido", conclui.

    Mattar diz que em maio as vendas apresentaram queda de 10%, em relação ao mês de abril. "Em abril, as vendas foram melhores do que em março, quando o imposto estava menor. Mesmo assim, atribuo o declínio nos negócios em maio ao retorno do imposto." O gerente de vendas diz que os carros com maior adesão entre os clientes são os de entrada, como o Celta, em que a empresa subsidia cerca de R$ 1 mil do valor para o consumidor final, permanecendo a sensação de redução do IPI dos clientes.

    Mattos prevê um aumento nas vendas de carros usados no segundo semestre do ano, a partir de julho. "O mercado está estabilizado. Acredito na lei da oferta e da procura. Neste caso é até melhor o governo não interferir." Mattos aconselha para os clientes os carros de luxo usados, que oferecem um desconto maior por um produto completo. "Tudo é negociado, principalmente em relação as formas de pagamento com o banco."

    Números

    Na cidade, o crescimento do acumulado nos primeiros cinco meses do ano foi de 6% em concessionárias. Em Minas Gerais, até o último mês, o aumento foi de 13,57%. No ano passado, de janeiro a maio, foram emplacados 190.622 veículos e, em 2010, já são 216.480. Os dados do Estado foram fornecidos pelo Sincodiv, que mostram que em Minas o aumento das vendas em maio foi de 9,92%. Em relação aos emplacamentos de abril deste ano, comparado com 2009, o crescimento foi de 3,78%, quando no mesmo período do ano anterior o IPI estava normal. "Os bons resultados das vendas no Estado comprovam o esforço e o trabalho dos mineiros, refletindo que o setor está no caminho certo", declara o presidente do Sincodiv.

    Setor de veículos empregou 800 mil em 2008

    A Pesquisa Anual de Comércio (PAC) 2008 divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira, 17 de junho, revela que o comércio de veículos automotores, peças e motocicletas registrou naquele ano que 133,6 mil empresas empregaram 823,4 mil pessoas. O montante de salários pagos foi de R$ 10 bilhões. Em comparação com os setores do comércio varejista e atacadista - outros setores incluídos na pesquisa -, a quantidade de empresas representou 9,3% do total, com 10% do total de empregos ocupados. Os salários pagos representaram 12% do total durante 2008. Ainda em relação ao comércio de veículos, a margem de comercialização resultou em R$ 33,7 bilhões (11,7% do total) e a receita operacional líquida em R$ 229,0 bilhões (15,8% do total).


    *Pablo Cordeiro é estudante do 10º período de Comunicação Social da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.