Quinta-feira, dia 26 de junho de 2008, atualizada às 14h50

Venda de produtos juninos cresce 15% este ano em Juiz de Fora



Fernanda Fernandes
Repórter

Comerciantes juizforanos estão comemorando o aumento nas vendas de produtos juninos em 2008. Segundo o coordenador geral de uma loja no centro da cidade, Walmir Amaral Vieira, o movimento tem sido 15% superior ao do ano passado.

O sócio-proprietário de um armarinho Leomário Sysneiros também observa o crescimento e diz que alguns itens, como camisas xadrez, já estão em falta. "Normalmente fazemos o pedido aos fornecedores em janeiro. Dessa vez, previ aumento e vou receber novos estoques, porque o movimento deve ir até 20 de julho", calcula. Segundo Leomário, o movimento na loja tem sido maior próximo do fim da semana.

Os armarinhos lucram com chapéus, camisas, vestidos prontos e com remendos que são costurados sobre as calças, além de material para ornamentação, como bandeirinhas e balões de papel crepom. Para atender à demanda, alguns vendem chitão e outros tecidos com estampas típicas da festa. Em algumas lojas, a saída é grande também para os estalinhos.

foto de dinheiro foto de dinheiro foto de dinheiro

Outro tipo de estabelecimento que lucra com as festas típicas são as lojas populares conhecidas por vender produtos a R$ 1,99, onde é possível encontrar prendas para pescaria a preços acessíveis. Segundo a lojista Cristiani Gonçalves, brinquedos infantis são procurados sempre, mas o hit deste ano são os cordões com objetos luminosos, que já haviam se tornado febre em bailes de formatura e raves.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.