Segunda-feira, 25 de agosto de 2008, atualizada às 18h30

Preço de hortifrutigranjeiros deve reduzir nos próximos meses



Daniele Gruppi
Repórter

O mercado de hortifrutigranjeiros pode desfrutar de melhores safras nos próximos meses. Segundo o gerente da unidade Ceasa Minas/Juiz De Fora, Alexandre Luiz Lopes da Silva, a longa estiagem prejudicou a produção, elevando os preços dos produtos. "A tendência agora é aumentar a oferta, equilibrando os preços".

Silva afirma que o custo da produção está muito alto. "Os produtores estão se queixando dos preços dos insumos. Mesmo com a baixa do dólar, os preços continuaram subindo".

Em Juiz de Fora, os hortifrutigranjeiros vêm de várias regiões. "Tem de origem de Piraúba, Barbacena, sul de Minas, Belo Horizonte e outros estados, como o Espírito Santo".

Segundo o Guia do Consumidor da Prefeitura, na última semana, o preço do tomate sofreu uma variação de 67, 42% e a batata inglesa 67,23% - produtos que tiveram altas consecutivas. A cenoura teve a variação de 56,74%, acumulando algumas baixas e a laranja, 44,94%, considerada como estável no mercado.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.