Sexta-feira, dia 26 de dezembro de 2008, às 19 h

Vendas do Natal superam projeções dos lojistas. Incremento nas vendas foi de 12,85%, em comparação com o mesmo período de 2007

Daniele Gruppi
Repórter
Madalena Fernandes
Revisão

O comércio juizforano registrou um incremento nas vendas no Natal de 12,85%, em comparação com o mesmo período de 2007. Na semana que antecedeu à melhor data do comércio para vendas, os consumidores lotaram as ruas, galerias e shoppings da cidade à procura de presentes.

A previsão de crescimento nas vendas da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) era de 8% a 10%. Mesmo com a crise econômica o clima no comércio é de otimismo. Até o final do mês o presidente da CDL/JF, Vandir Domingos da Silva, espera um aquecimento no setor superior a 15%, se comparado com o mesmo período do ano passado."Após o período natalino, o comércio é marcado pelo grande volume de trocas, o que se torna uma grande oportunidade de venda para os lojistas", declara.

Segundo a CDL, 12% dos consumidores optaram por efetuar o pagamento dos presentes à vista e foram atraídos pelas promoções, sorteios, brindes e descontos especiais. O valor médio dos presentes ficou entre R$30,00 e R$60,00. O horário especial da véspera, com lojas abertas até as 21 horas, contribuiu para as compras daqueles que não tiveram tempo durante a semana.

A caixa de uma loja de roupa feminina, Bruna Rodrigues dos Santos, afirma que as vendas aumentaram 80% no período natalino, mas a expectativa era de um crescimento maior. "O índice de vendas é considerado bom, mas esperávamos mais." De acordo com o subgerente de um estabelecimento, Fábio Pereira, os fatores determinantes para o sucesso nas vendas foram o preço, a qualidade dos produtos e o bom atendimento. Segundo a gerente de outra loja, Maria da Conceição Fazza, os consumidores estavam mais cautelosos e procuraram não se endividar.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.