Terça-feira, 14 de abril de 2009, atualizada às 13h

Venda de produtos típicos de Páscoa supera expectativas em JF


Patrícia Rossini
*Colaboração

A venda de produtos típicos de Páscoa em 2009 superou as expectativas dos comerciantes do ramo. De acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Juiz de Fora (CDL), os lojistas comemoram aumento de até 40% nas vendas. Mesmo diante do cenário de crise econômica, o consumidor não deixou de presentear na data e alguns lojistas foram surpreendidos pela grande demanda - concentrada, principalmente, na véspera.

É o caso de Lúcia Rocha Barbosa, proprietária de uma loja de chocolates, que recorreu às lojas de outras cidades da região para abastecer o estoque na véspera de Páscoa. As vendas foram 36% superiores ao mesmo período do ano passado e a maioria dos clientes deixou para comprar na última hora. "A venda ficou mais concentrada na semana da Páscoa, muitos produtos acabaram e nós tivemos que reabastecer o estoque para atender à demanda."

Para o proprietário de outra loja de chocolates da cidade, Agílio Vargas Lopes, o aumento na venda de produtos de Páscoa não foi tão significativo, se comparado ao ano de 2008. "A data foi dentro das expectativas e as vendas não foram afetadas pela crise econômica mundial. Os produtos mais procurados foram os presentes de chocolate diferenciados. Os consumidores fugiram dos ovos tradicionais", explica.

A surpresa ficou por conta dos produtos dietéticos. Os chocolates diet foram os primeiros a acabar. "Neste ano, a busca por ovos de Páscoa e chocolates dietéticos foi acima do esperado, nosso estoque acabou rápido", afirma Agílio.

As lojas especializadas em peixes, vinhos e condimentos também comemoraram a data. De acordo com Célia Werneck, proprietária de uma delicatessen, o acréscimo nas vendas de produtos relacionados à ceia foi de 400% em relação aos outros dias do mês. A procura ficou concentrada nos dez dias que antecedem a Páscoa. "As vendas foram muito boas. Muitos clientes optaram por levar o bacalhau e alguns acompanhamentos para a receita, como o azeite e o palmito."

Promoções

Depois da Páscoa, é tempo de promoção. Em uma loja de departamento no centro da cidade, os ovos de chocolate que sobraram nas prateleiras podem ser comprados com até 50% de desconto, segundo o gerente Bruno Gimenez.

No entanto, ele garante que o consumidor não deixa de comprar antes da data para aproveitar os descontos, que são ainda maiores para os ovos e barras de chocolate quebrados. Já nas lojas especializadas em chocolate, a sobra no estoque costuma ser menor e, por isso, não há muitas opções promocionais.

* Patrícia Rossini é estudante de Comunicação Social da UFJF

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.