Quinta-feira, 24 de setembro de 2009, atualizada às 18h27

Cerca de 90% dos funcionários de bancos públicos da cidade cruzaram os braços

Clecius Campos
Repórter

O primeiro dia da greve dos bancários mobilizou cerca de 90% da categoria nos bancos do Brasil e Caixa Econômica Federal. Bancários do Banco Real, Santander e HSBC também cruzaram os braços e, em toda a cidade, a adesão chegou a 65% dos funcionários, segundo informação do sindicato da classe.

De acordo com a assessoria de comunicação do Sindicato dos Bancários, a greve continua até a chegada de contraproposta que beneficie a categoria. Não há previsão de nova reunião com a Febraban nem existe negociação formal em andamento, além da já apresentada pela federação patronal.

Juizforanos utilizam serviços automatizados

Para minimizar os efeitos da greve dos bancários, iniciada nesta quinta-feira, dia 14 de setembro, os juizforanos podem utilizar os serviços automatizados. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informa que serviços como o pagamento de contas podem ser feitos em caixas eletrônicos e em correspondentes não bancários, como supermercados, farmácias e lotéricas. Algumas transações também podem ser realizadas via internet.

Para a intérprete Tatiane Abrantes, a paralisação não causou muitos problemas, já que usa os serviços do caixa eletrônico costumeiramente. "Seria difícil se eu tivesse que bloquear ou desbloquear um cartão ou realizar outro atendimento junto à gerência, por exemplo. Se o assunto for urgente, a pessoa fica sem o atendimento."

A dona de casa Maria do Carmo diz que vai ao banco todos os dias e prefere fazer saques e depósitos nos caixas convencionais, por achar mais seguro. "Acabo de saber que os bancos estão em greve. Vou ter que recorrer aos caixas eletrônicos mesmo.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.