• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
    Terça-feira, 15 de junho de 2010, atualizada às 11h34

    Vendas no Dia dos Namorados ficam abaixo do esperado

    Carolina Gomes
    Repórter

    A Câmara de Dirigentes Lojistas de Juiz de Fora (CDL) divulgou, nesta terça-feira, dia 15 de junho, um balanço das vendas devido ao Dia dos Namorados. Segundo a CDL, a expectativa de crescimento, que girava entre 15 e 20%, em comparação com os dias normais, não foi atingida por alguns setores.

    O superintendente do Sindicomércio de Juiz de Fora, Sérgio Costa de Paula, atribuiu parte desse déficit a confusão com as datas de extensão de horário de funcionamento do comércio. De acordo com ele, havia sido acordado que o comércio atenderia em horário especial no sábado, dia 5, que antecedia a data. Porém, houve o problema de falta de água na cidade e muitas lojas do Centro não abriram. "Houve uma confusão com as datas. Quem abriu no dia 5 não ficou até mais tarde no dia 12, deixando os compradores perdidos."

    O gerente de uma loja de presentes, Getúlio Sartori, diz que as vendas ficaram dentro do esperado, com crescimento de cerca de 20% em relação aos dias normais. Contudo, o movimento no sábado estava bastante reduzido. "Acredito que essa contradição quanto ao horário gerou uma queda nas vendas de sábado", declara.

    Conforme a CDL, alguns setores se decepcionaram com as vendas, como perfumaria e floriculturas. Porém, outros tiveram as vendas dentro do esperado, conforme afirma o proprietário de uma loja de lingerie, Guilherme Salim. "Ainda não fiz um balanço detalhado, mas pude observar que o volume de venda desse ano foi maior do que no ano passado."

    Segundo o superintendente do Sindicomércio, esse ano houve homenagens diferentes entre os namorados. Alguns substituíram os presentes por jantares, fugindo do tradicional, o que pode ter contribuído para os resultados finais.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.