• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
    Quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011, atualizada às 15h03

    Promoções no comércio devem continuar até o final de março

    Clecius Campos
    Repórter
    Foto de vitrine de loja

    As vitrines do comércio de roupas e de acessórios de Juiz de Fora devem estampar anúncios de descontos e promoções até o final de março. Essa é a expectativa de alguns lojistas que apontam a possibilidade de preços mais baixos até a chegada das coleções de outono/inverno ou até quando durarem os estoques.

    Queimar as peças do verão é justamente a intenção das lojas, que chegam a oferecer abatimentos de até 70% em relação ao preço original dos produtos. Em uma loja de bolsas e calçados do Centro, os descontos, em produtos diversos, variam de 10% a 70%. "Em março uma nova coleção irá chegar, temos que liquidar o máximo da coleção atual, para apresentar os lançamentos", explica a vendedora Regina Gonçalves.

    A vendedora de uma loja de roupas, Samanta Esteves, espera que o estoque seja todo renovado, com a oferta de desconto de 40% na maioria das peças. "O motivo das promoções é mesmo a renovação do estoque. Os preços mais baixos também ajudam a vender um pouco mais em janeiro e em fevereiro, que são meses mais fracos. O movimento ficou mais intenso logo que lançamos as promoções, agora está mais devagar."

    Em uma loja de roupas masculinas, as promoções continuarão até a chegada da próxima coleção. A vendedora Luciana Farinelli afirma que o desconto de 20% pode durar até o final de março. "Ou até quando durarem os estoques. A intenção é renovar tudo e preparar a loja para a virada de coleção. Janeiro foi bem parado para nós, esperamos uma reação em fevereiro, com a volta às aulas." Em outra loja, o desconto escalonado, aumentando conforme o número de peças que são compradas, é a tática utilizada para motivar as compras. "O consumidor fica mais atraído quando o desconto é maior. Desse jeito, conseguimos vender um pouco mais, mas janeiro e fevereiro continuam fracos. Esperamos um movimento maior às vésperas do Carnaval, já que muita gente vai viajar e procura os shorts e as blusas mais fresquinhas."

    O presidente do Sindicato do Comércio de Juiz de Fora, Emerson Beloti, informa que o desaquecimento do setor, no início do ano, é motivado pelos pagamentos que o consumidor precisa realizar em janeiro, como os impostos e os compromissos com educação e material escolar. "Além disso, há o período de férias, que tira muitas pessoas da cidade. Dessa forma, o empresário dá os descontos, como forma de atrair mais consumidores e também de zerar o estoque, preparando-se para as próximas coleções." Beloti afirma que os descontos ocorrem também em segmentos diversos, além das roupas e acessórios. "O bom faturamento é uma necessidade de todo o comércio, por isso, todos os segmentos estão fazendo promoções. As exceções são as papelarias, mais movimentadas pela volta às aulas."

    "Não trocamos peças em promoção", dizem cartazes

    Em diversas lojas, cartazes com a frase "Não trocamos peças em promoção" alertam os consumidores da necessidade de escolher bem os produtos. A vendedora Luciana informa que, em geral, a loja efetua trocas de peças com preços promocionais apenas por outras também em promoção. "Logo que a coleção nova chega, evitamos fazer as trocas, para não misturar com as peças mais novas." A vendedora Regina afirma que, nas épocas de promoções, as trocas só são feitas em casos de defeitos nas peças, que têm três meses de garantia. "Não trocamos por outros modelos." O Procon informa que o lojista só é obrigado a trocar produtos em caso de defeito. A troca por outros tamanhos, cores e modelos não são previstas em lei, mas podem ser feitas em comum acordo entre consumidor e empresário.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.