• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios

    Comércio aposta em vendas de última hora para o Dia dos Pais em JF

    Pesquisa aponta que juiz-foranos pretendem gastar entre R$ 50 e R$ 100

    Lucas Soares
    Repórter
    30/07/2014

    Faltando apenas dez dias para o Dia dos Pais, um cenário é comum no Centro de Juiz de Fora durante os últimos dias: baixo movimento nas ruas e lojas quase sempre vazias.

    Mas, segundo pesquisa divulgada pelo Sindicato do Comércio (Sindicomércio) de Juiz de Fora, esse panorama deve mudar em breve. Mais de 65% dos entrevistados pretendem comprar o presente na última semana ou na véspera, e 45,49% das pessoas pretendem presentear os pais com roupas, sendo que a maioria pretende gastar entre R$ 50 e R$ 100, o que pode representar um alívio aos comerciantes. E é nisso que aposta a vendedora de uma loja especializada em roupas masculinas, Viviane Ferreira, 40. "Estou com muita expectativa porque no ano passado foi muito bom. O mês de julho não está sendo ruim. Por sermos uma loja de roupas para homens, nosso movimento acaba sendo muito bom em agosto, em função do Dia dos Pais. É o nosso primeiro Natal", explica a vendedora. 

    Em uma loja especializada em acessórios eletrônicos para celulares e tablets, a gerente Josiane Brito, 26, também mostra otimismo com as vendas de última hora. "Deu uma caída em função da Copa do Mundo, o horário de funcionamento não batia com os jogos e sentimos o impacto nas vendas. Depois que passou, a rotina voltou ao normal. Nossa expectativa é de aumento de 40% para o Dia dos Pais. Já reabastecemos nosso estoque com novidades voltadas para este público", conta.

    Para a gerente de uma perfumaria em um shopping da cidade, Sefóra Almeida, 30, as vendas devem aumentar na próxima semana. "O movimento ainda está fraco, a procura está lenta, mas esperamos que na semana de véspera aumente. Fizemos alguns kits com preços promocionais, que vem inclusive com brindes de colônia de bolso e sabonetes", diz.

    Aumento pequeno

    De acordo com o superintendente do Sindicomércio, Sérgio Costa de Paula, a expectativa é de vender mais durante a última semana, porém o aumento em relação ao ano passado será pequeno. "Os clientes estão aproveitando o gancho do fim dos produtos de inverno pra aproveitar pra presentear aos pais com essas promoções. É uma situação comum, natural. Nós esperamos um aumento em torno de 6% à 7% em comparação com 2013, e isso não atinge as expectativas. Mas, segundo nossa pesquisa, os clientes pretendem gastar menos, e por isso, esse percentual de compras vai ser maior, com o índice de mais pessoas comprando. Acredito também que vai ter um acréscimo em termo de valores de venda", relata. Veja a tabela abaixo.

    Na oportunidade, de Paula aproveitou para falar sobre o que os clientes estão esperando das lojas. "O cliente quer um atendimento diferenciado, quer ser atendido por um vendedor cortês, educado, capacitado. O comerciante vai precisar melhorar a qualificação do colaborador", afirma.

    Pretensão dos Entrevistados Quanto ao Produto a Ser Comprado
    PRODUTO FREQUÊNCIA PORCENTAGEM
    Roupas 131 45,49%
    Sapatos 40 13,89%
    Eletrônicos 24 8,33%
    Cosméticos 12 4,17%
    Livros 9 3,13%
    Eletrodomésticos 6 2,08%
    CDs e DVDs 6 2,08%
    Jóias 3 1,04%
    Bombons 2 0,69%
    Relógio 1 0,35%
    Algo de Valor Sentimental 1 0,35%
    Objeto de ultilidade específica 1 0,35%
    Caneca 1 0,35%
    Dinheiro 1 0,35%
    Viagem 1 0,35%
    Guia de pescaria 1 0,35%
    Não sabe 48 16,67%

    Pretensão dos Entrevistados Quanto ao Valor a Ser Gasto
    VALOR FREQUÊNCIA PORCENTAGEM
    Até R$30,00 8 2,94%
    De R$30,01 a R$50,00 44 16,18%
    De R$50,01 a R$100,00 68 25,00%
    De R$100,01 a R$150,00 61 22,43%
    De R$150,01 a R$200,00 41 15,07%
    Acima de R$200 30 11,03%
    Não sabe 20 7,35%
    Total 272 100%

    Preferência dos Entrevistados na Forma de Pagamento
    FORMA DE PAGAMENTO FREQUÊNCIA PORCENTAGEM
    À Vista/Dinheiro 136 50,00%
    Cartão de Crédito 103 37,87%
    À Vista/Cartão de Débito 27 9,93%
    Cheque Pré-datado 3 1,10%
    Creditário/Carnê 3 1,10%
    Total 272 100%

    Critério Escolhido pelos Entrevistados para Efetivação da Compra
    CRITÉRIO FREQUÊNCIA PORCENTAGEM
    Preço 115 28,75%
    Qualidade 111 27,75%
    Atendimento 43 10,75%
    Variedades 35 8,75%
    Vitrine 34 8,50%
    Tradição da Empresa 29 7,25%
    Aceitação de Cartões 13 3,25%
    Tradição da Empresa 29 7,25%
    Ofertas e prazos 11 2,75%
    Indicação 9 2,25%
    Total 272 100%

    Opinião dos Entrevistados sobre um Atendimento Diferenciado
    DIFERENCIAL FREQUÊNCIA PORCENTAGEM
    O vendedor ser cortês e educado 141 41,72%
    Atenção exclusiva do vendedor 81 23,96%
    O vendedor oferecer mais opções 48 14,20%
    Não ter fila na hora do pagamento 42 12,43%
    Quando o vendedor verifica a satisfação 24 7,10%
    Funcionário bem instruído 1 0,30%
    Loja vazia 1 0,30%
    Total 338 100%

    Pretensão dos Entrevistados Quanto à Época de Realização das Compras
    PRETENSÃO FREQUÊNCIA PORCENTAGEM
    Atencipadamente 89 32,72%
    Uma ou duas semanas antes 93 34,19%
    Na véspera 86 31,62%
    No dia 2 0,74%
    Após a data 1 0,37%
    Não sabe 1 0,37%
    Total 272 100%

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.