Sábado, 18 de julho de 2020, atualizada às 09h45

Vale a pena retirar o Saque Emergencial do FGTS ou não?

Angeliza Lopes
Repórter

Com tantas incertezas na economia, com a crise causada pela pandemia do novo coronavírus, os recursos disponibilizados pelo Governo Federal têm sido essenciais para muitos trabalhadores, principalmente, para quem perdeu seu emprego. Ainda assim, o Saque Emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) tem despertado dúvidas. Vale a pena sacar ou não?

Autorizado pela Medida Provisória nº 946 de 7 de abril de 2020, tem direito ao saque todo titular de conta do FGTS com saldo, incluindo contas ativas e inativas, no valor de até R$ 1.045 por trabalhador. A retirada poderá ser realizada até o dia 31 de dezembro de 2020. Confira o calendário de pagamento no final da matéria.

A economista Márcia Medeiros Mota afirma com todas as letras que, sem dúvidas, vale a pena sacar este valor. A pergunta ideal é: preciso utilizar o recurso neste momento? Pois, caso não haja contas ou gastos emergenciais, a melhor opção é aplicar o montante.

Anualmente, o FGTS rende 3%, mais a Taxa Referencial (TR) que está praticamente zero, atualmente, conforme explica a economista. Ou seja, se a inflação do mês for maior que 3%, o trabalhador já está perdendo dinheiro, porque o total vai desvalorizar.

“Aplique este recurso. Procure seu gerente e veja a melhor possibilidade de acordo com seu perfil de investidor. Não coloque na poupança, também não vale a pena. Hoje, ela vale praticamente a mesma coisa que o Fundo”, destaca Márcia.

Para investir, a economista indica aplicar em títulos do tesouro que são tidos como os mais seguros do mercado. A rentabilidade dele varia de acordo com o vencimento de cada título, e se for pré ou pós-fixado.   

A escolha varia de acordo com o propósito de cada um e de quanto tempo pretende deixar o recurso aplicado. No caso do pré-fixado, o trabalhador já saberá de antemão a rentabilidade de acordo com o tempo investido.

“Por exemplo, tem título com vencimento para 2026, hoje, com uma rentabilidade de 4,72% + inflação ao ano. E outros pré-fixados com rentabilidade entre 4,98% a 6,44% ao ano”, afirma Márcia, lembrando que o pós-fixado varia de acordo com a taxa Selic - Sistema Especial de Liquidação e de Custódia, e inflação. Até o dia 17 de julho de 2020, o valor da Taxa Selic estava em 2,25%, por isso, este modelo não está tão rentável, no momento, já que ficou abaixo do rendimento do próprio FGTS, que chega a 3%.

Outra opção de uso deste recurso são as quitações de contas atrasadas e formação de recurso emergencial. Muitos cartões de crédito têm juros altíssimos e pagar o mais rápido possível pode ser a melhor opção.  “O saque pode ser utilizado para quitar dívidas e te deixar dormir despreocupado”.

A economista alerta ainda que o saque do FGTS deverá ser declarado no Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2020, na parte de rendimentos isentos e não tributáveis. No entanto, essa regra só é válida para quem recebeu mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2019, ou se enquadra em qualquer outro critério para enviar a declaração. Caso o contribuinte esteja isento de Imposto de Renda, não precisará enviar o documento apenas por causa da ajuda do FGTS.

Formas de recebimento

Os trabalhadores podem consultar o valor do Saque Emergencial FGTS e a data pelo site fgts.caixa.gov.br, Internet Banking, APP FGTS ou Central Telefônica CAIXA 111, opção 2. Já o pagamento do Saque Emergencial FGTS será realizado, exclusivamente, por meio de crédito em Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. A movimentação do valor do saque poderá, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo CAIXA Tem, sem custo.

A partir da data de disponibilização dos recursos para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento, os trabalhadores poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custos, ou realizar o saque em espécie nos terminais de autoatendimento da Caixa e casas lotéricas, usando o código que deve ser gerado no aplicativo CAIXA Tem.

Calendário

O crédito dos valores serão realizados conforme calendário abaixo:

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.