Cláudio Otávio Prata Ramos De uma pequena clínica de ultrassonografia para uma
das cem empresas que mais crescem no país


Thiago Werneck
Repórter
05/10/2007

Um sonho, a visão a longo prazo e bom planejamento. Foi assim que, há 20 atrás, Cláudio Otávio Prata Ramos formou junto com seu amigo, Luiz Augusto Nagem Assad uma clínica de ultra-sonografia em Juiz de Fora. Com um aparelho de raio-X e outro de ultrassom eles começaram a trilhar os caminhos para uma carreira de sucesso.

Com um investimento pesado, eles acreditaram que seria possível fazer uma clínica global que oferecesse vários exames, algo já realizado no Rio de Janeiro e São Paulo, mas ainda inédito na região. "O paciente tinha que fazer cada exame em um local, era tudo muito fragmentado e tivemos a idéia de tornar tudo mais fácil unindo todos os exames em uma só clínica", recorda Cláudio.

Os aparelhos que eram importados e a crise econômica, na época com inflação exorbitante e instabilidade do dólar, apareciam como obstáculos. " Passamos muitas dificuldades nos primeiros cinco anos. Não havia tanto retorno e nosso investimento era alto, mas víamos a possibilidade de sucesso no futuro", observa Cláudio.

Dificuldades econômicas, barreiras para conseguir importar os equipamentos, falta de credibilidade por serem pouco conhecidos no mercado. Com o passar do tempo, esses desafios foram vencidos e os sócios sempre buscaram métodos novos e a melhor formação profissional. "A gente tem que estar sempre atualizado e buscando novidades para ter algo a mais que a concorrência", destaca.

A busca por atualização acontece em participação em congressos da área no Brasil e no exterior. Cláudio conta que esse é um dos diferenciais de sua empresa. "A gente sempre vai atrás da mais recente tecnologia e sempre esteve muito acima do que uma cidade como Juiz de Fora comportava".

Mas Cláudio ressalta que nada disso seria possível, se não houvesse um investimento em qualificação e contratação de bons profissionais. "Quem trabalha com a gente vem de bons cursos e está sempre recebendo treinamentos para melhor desempenhar suas funções", conta.

O sucesso

Hoje, a empresa de Cláudio está entre as cem pequenas e médias empresas que mais cresceram no Brasil, entre 2004 e 2006, de acordo com publicação de renomada revista de economia. Sua empresa é a única de Juiz de Fora no ranking nacional e uma das poucas que permaneceram na lista pelo segundo ano consecutivo.

Hoje, sua empresa atua em três sedes em Juiz de Fora e uma em Conselheiro Lafaiete. "Temos um estudo para irmos para outras cidades, mas não posso revelar o local. Nossa empresa oferece exames totalmente digitais e tem uma tecnologia de primeira linha e esse é mais um dos motivos do nosso sucesso ", enaltece Cláudio.

Hoje, a empresa de Cláudio conta com cem profissionais e oferece exames diferenciados, com tecnologia de ponta e que os destacam frente aos concorrentes. "Na nossa área há novidades de equipamentos a todo momento por causa dos avanços tecnológicos. Estamos na ponta e o mais difícil é conseguir manter esse nível", completa.

Dicas do empresário

A principal dica de Cláudio é que o empreendedor acredite no sonho e lute para que ele se torne realidade. "Você tem que trabalhar com o que gosta, acreditar que pode dar certo e ter visão de futuro", destaca.

Para Cláudio, ao começar um negócio o pensamento deve ser a longo prazo. "Quando começa algum negócio, o empreendedor deve pensar como vão estar as coisas daqui a dez, 15 e até 20 anos, só assim é possível o sucesso", avalia.

Para encarar os tempos de dificuldades e as crises do mercado, a dica é um bom planejamento. "O empresário tem que fazer uma boa preparação para os obstáculos externos que vão surgir. Mas quem está bem planejado consegue superar e ter sucesso com sua empresa", conclui.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.