• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Rodrigo Fagundes
    Ator juizforano, destaque nos palcos cariocas, faz sucesso com o personagem Patrick, do Zorra Total

    Chico Brinati
    colaboração
    05/08/2005

    Quando o personagem Patrick entra em cena, nas noites de sábado, no programa Zorra Total, é difícil conter o riso. Com bordões característicos, o rapaz sensível - que se torna uma "fera" ao ser questionado por suas atitudes "doces" - é um dos quadros de maior sucesso no humorístico. Poucos sabem mas, o ator que representa o Patrick é juizforano.

    Rodrigo Fagundes nasceu em Juiz de Fora e viveu na cidade até os 21 anos, quando se mudou para o Rio de Janeiro, para estudar comunicação na PUC. Formou-se em 1996, mas sabia que o seu sonho era outro. "Desde pequeno, comecei a encenar peças de teatro em casa, depois que vi os episódios da primeira versão do 'Sítio do Pica Pau Amarelo'. Naquele momento, descobri que o teatro era a minha paixão", relata.

    Procurou, então, a Casa das Artes de Laranjeiras, CAL, para estudar teatro. Em 1999, ele saiu da instituição direto para os palcos. "Depois que formei na CAL, fiz algumas peças até 2003 (seus últimos trabalhos em teatro foram "Purificado", com direção de Filipe Vidal, e "Quase verdade", com direção de Dudu Sandroni), quando eu e mais três amigos fundamos o grupo teatral 'Os Surtados'", diz.

    O grupo escreveu e encenou a primeira peça, "Surto". Misto de humor besteirol e musical que faz uma caricatura do stress na vida moderna. "Na verdade, a gente brinca mais com essa coisa de TV, com o universo do ator e suas dificuldades na profissão", confessa. Nem eles esperavam tanto sucesso. Depois de uma temporada de "casa cheia" nos teatros Glória e Ipanema, o espetáculo teve sua exibição, no Shopping da Gávea - Teatro dos Quatro, prorrogada até dezembro.

    Prêmios e sucesso
    Pela participação na peça "Surto", Rodrigo ganhou o prêmio de melhor ator no Festival de Esquetes. Fez participações em "Kubanakan" e na minissérie "Um só coração" e integrou o elenco do seriado "Sexo Frágil" e do "Programa Novo", todos da Rede Globo, além do filme "A Máquina", de João Falcão.

    O sucesso no circuito teatral carioca rendeu, ainda, o convite por parte do diretor do programa "Zorra Total", da Rede Globo, Maurício Sherman. "Ele assistiu à peça duas vezes e me chamou para levar o Patrick para a telinha... O 'Surto' abriu muitas portas para nós", completa.

    Nascia, ali, o Patrick, um dos personagens de maior destaque do "Zorra". "É incrível, pois o personagem tem uma aceitação muito boa entre pessoas de todas as idades, desde crianças, jovens a idosos, todos brincam comigo nas ruas usando os bordões dele", relata.

    "No quadro, Patrick é um rapaz 'doce', inocente, indefeso, aquele rapaz muito bem educado pela mãe, vaidoso, que, ao ser provocado por pessoas que acham ele afeminado, se torna um brigão valente. Todos temem quando ele 'mostra a sua faca'", orgulha-se. Os bordões de Patrick se tornaram populares entre as pessoas. Com frases do tipo: "Olha a faca!", "Mexe com quem tá quieto!" ou "Sabe-se lá se eu ando com...faca!?", o personagem vem conquistando os telespectadores.

    Prova disso, como lembrou Rodrigo, é o grande número de comunidades no site de relacionamentos Orkut que o tem como tema. Numa dessas comunidades, a "Olha a Faca Patrick!", o número de membros associados ultrapassa os 3.700.

    Por enquanto, Rodrigo não tem planos para voltar à cidade natal. Vai se dedicar aos projetos profissionais. "Vamos ficar com a peça 'Surto' até dezembro e escrever 'Surto 2' para 2006. Além disso, devo continuar com o personagem Patrick e fazer uma participação no filme do Sérgio Rezende sobre a Zuzu Angel", diz.

    "Mas eu adoro Juiz de Fora, sempre gostei daqui. É uma cidade com qualidade de vida muito boa, é onde mora minha família, onde tenho muitos amigos... Guardo ótimas lembranças dessa terra", conclui.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.