SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O homem de 35 anos que foi gravado por câmeras de segurança agredindo uma faxineira que lavava uma calçada em Belo Horizonte compareceu até a Polícia Civil de Minas Gerais nesta sexta-feira (23), uma semana após o fato.

Segundo o órgão, Rafael Birro foi até uma delegacia para prestar declarações, mas "optou pelo direito de manter-se em silêncio". Ele também assinou um termo de compromisso de comparecimento para uma audiência judicial.

A reportagem buscou o Tribunal de Justiça de Minas Gerais em busca de informações sobre quem faz a defesa do empresário e sobre a data de audiência dele, mas aguarda retorno sobre o assunto.

RELEMBRE O CASO

Rafael foi gravado por câmeras de segurança agredindo a faxineira Lenirge Alves de Lima enquanto ela lavava uma calçada. O caso foi registrado na rua Bernardo Guimarães, no bairro Lourdes, próximo à região central da cidade, por volta das 10h do dia 16.

No vídeo, é possível ver que o homem tenta passar, mas é impedido pela água - em seguida, a mulher percebe e começa a retirar a mangueira para dar passagem ao homem.

Descontente com algo, o suspeito vai para cima da mulher e os dois começam uma discussão. Ele tira a mangueira da mulher com força e começa a molhar a faxineira e logo em seguida ela cai. Mesmo com ela no chão, ele joga mais água e, novamente, lança o objeto na rua. Ele vai embora do local.

Em imagens divulgadas nas redes sociais de pessoas que denunciaram o caso, uma foto mostra como uma das pernas da faxineira ficou machucada.