O governo do estado do Rio anunciou a tarifa social ferroviária, prevista na Lei Estadual 6.700/2014, que vai garantir o valor da passagem a R$ 5 para quem ativar o Bilhete Único Intermunicipal até 2 de fevereiro, quando a tarifa será reajustada para R$ 7,40.

O passageiro que já tem o cartão com o Bilhete Único ativado não precisará fazer nenhuma alteração. Para aqueles que usam vale-transporte associado à empresa, basta acionar o setor de RH em seu local de trabalho, informou o governo.

Quem tem direito

Para que o passageiro tenha direito ao desconto da tarifa social, é preciso ter um cartão Riocard Mais habilitado no Bilhete Único Intermunicipal do estado do Rio utilizando o próprio CPF, ter entre 5 e 64 anos e ganho mensal de até R$ 7.507,49.

Como cadastrar ou habilitar

Segundo a gerente de marketing do Riocard, Melissa Sartori, o passageiro pode consultar ou habilitar seu cartão no benefício pelo site ou entrar em contato com o Riocard Mais pelo WhatsApp (21 2127-4000).

O cadastro e habilitação também podem ser feitos em uma das lojas do Riocard. Quem tem o cartão vale-transporte deve procurar a empresa onde trabalha e solicitar o benefício.

Em breve, postos de atendimento da Riocard Mais serão montados em estações da SuperVia para o cadastro dos clientes.

*Estagiário sob supervisão de Akemi Nitahara.

Tags:
bilhete único intermunicipal | cartão Riocard Mais | Geral | Rio de Janeiro | tarifa