Sábado, 5 de abril de 2014, atualizada às 9h30

Variedade oferecida na produção de chocolates caseiros atrai clientes

Laura Lewer
*Colaboração
Variedade oferecida na produção de chocolates caseiros atrai clientes

Quem pensa que é fácil fazer produtos caseiros diferentes para a Páscoa, está enganado. A novidade exige uma preparação que começa bem antes da data. A confeiteira  Paula Serrano, criadora da marca Cupcakes da Paula, por exemplo, começou a fazer sua pesquisa em 2013. Quando o Carnaval de 2014 chegou, o planejamento ficou ainda mais intenso. Segundo ela, as novas ideias de decoração dos bolinhos e produtos para a data chegam por meio da pesquisa. "Faço pesquisas diariamente. Procuro na internet, em sites de São Paulo, participo de grupos de confeiteiros nacionais e internacionais. A televisão e as revistas também ajudam. Claro que às vezes a cultura é diferente, mas faço uma adaptação para o Brasil", afirma Paula.

Para o proprietário da loja Kayambá Chocolates, Rubens Kayambá, a principal atitude é se manter bem informado sobre as tendências e sobre o que a população está procurando. "Trabalhamos nisso há 25 anos e minha formação em Artes Plásticas ajuda bastante", conta.

Novidades

Para Paula, a procura é essencial, já que hoje em dia as pessoas buscam novidades. "Muitas vezes os clientes não querem dar mais um ovo de Páscoa porque é o que todos ganham, e sim uma coisa que tenha menos chocolate. Por isso apostamos no cupcake de cenoura recheado, que é mais nutritivo", conta. Os bolinhos são vendidos na cesta ou em embalagem individual. De acordo com Paula, os produtos mais procurados, além dos cupcakes, são os pirulitos e biscoitos decorados com coelhos.

Para quem procura os tradicionais ovos de Páscoa, o pedido mais popular é o ovo recheado. "Os adolescentes e adultos adoram o recheio. Mas quando o assunto é criança, não tem jeito: o ovo tem que ter um brinquedo dentro." Na loja, a unidade dos produtos de Páscoa varia entre R$ 2 e R$ 25.

Na Kayambá, as maiores procuras também são as de produtos pequenos como cenoura e coelho. Rubens aposta nos ovos recheados e na linha pensada para este ano. "Fizemos artigos pensando na mistura de dois eventos importantes de 2014: a Páscoa e a Copa do Mundo." Além disso, a variedade da loja é grande e oferece produtos como ovos com brinquedo, chocolates diet e sem lactose, chocolate ao leite recheado com bombom, chocolate com licor, entre outros. Os preços variam entre R$ 0,50 e R$ 95.

Facilitador

Outro atrativo das vendas de Páscoa, segundo Paula, é a internet. Atualmente, 90% das suas vendas começam online, já que as pessoas buscam fotos dos produtos no blog ou página do Facebook. Os pedidos são feitos com no mínimo 72 horas de antecedência e a entrega é realizada em casa, dependendo do local. 

Na Kayambá, as opções de pagamento atraem os clientes. De acordo com o proprietário, os consumidores podem pagar no cartão de crédito, à vista com desconto ou parcelar.

                                                                                                                                                                                                Fotos: Arquivo Pessoal

*Laura Lewer é estudante do 7º período de Jornalismo do CES/JF

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.