SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Candidato à deputado federal, o vereador de São Paulo Fernando Holiday (Novo) afirma que em um eventual mandato na Câmara continuaria lutando contra as cotas raciais, uma das plataformas que tornaram o político conhecido.

Holiday foi o segundo entrevistado desta terça-feira (20) na série de lives que a Folha está promovendo com candidatos à Câmara dos Deputados por São Paulo.

Holiday afirma que os dados de inclusão são inquestionáveis, mas chama de "tribunais raciais" as bancas de heteroidentificação para evitar fraudes. O candidato é favorável às cotas sociais, que no seu ponto de vista não dividem a população.

"Eu não espero, uma vez eleito, revogar as cotas raciais do dia para a noite, mas eu acredito que, aos poucos, é possível discutir e diminuir a sua porcentagem", afirmou.

Suas outras duas frentes de atuação seriam a desburocratização por meio da revogação de leis e o combate à corrupção. O candidato diz que vai buscar mecanismos de transparência e trabalhar contra as emendas do relator, que teriam se tornado um "gargalo de possibilidades de corrupção".

PRÓXIMAS LIVES

Márcia Rocha (Cidadania) - 11h30

Isa Penna (PC do B) - 13h30

Renata Abreu (Podemos) - 14h

Erika Hilton (PSOL) - 16h