SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-prefeito do Rio de Janeiro César Maia (PSDB) gravou um vídeo em que declara apoio à candidatura presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

"Lutei contra a ditadura. Fui deputado constituinte, prefeito do Rio por 12 anos. Na minha vida aprendi que não há liberdade sem democracia", diz ele, que é candidato a vice-governador do Rio na chapa encabeçada por Marcelo Freixo (PSB).

A adesão de Maia, político com trajetória na direita, é parte do esforço da campanha petista para construir uma frente ampla contra Jair Bolsonaro (PL) já no primeiro turno, com o objetivo de assegurar a vitória já em 2 de outubro.

Ela vem um dia após o anúncio de apoio a Lula por ex-candidatos a presidente, entre eles Henrique Meirelles, que foi ministro da Fazenda e presidente do Banco Central.

"Voto com Lula para presidente. É fundamental derrotar Bolsonaro já no primeiro turno. Lula tem experiência, compromisso com a democracia e está preparado para reconstruir o Brasil", declarou Maia.

O anúncio teve a participação do grupo jurídico Prerrogativas, que tem contribuído na costura de alianças em torno do petista.