Juiz de Fora - MG

Pré-candidato ao Governo de Minas Alexandre Kalil cumpre agenda em JF

O ex-prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato à governador de Minas Gerais Alexandre Kallil (PSD) fala com lideranças e empresários locais

por Redação - 05/08/2022


O ex-prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato ao Governo do Estado de Minas Gerais Alexandre Kallil (PSD) está em Juiz de Fora nesta sexta-feira (5). Agora pela manhã ele esteve na Universidade Federal de Juiz de Fora em companhia da prefeita Margarida Salomão (PT). Ele foi o primeiro candidato ao Governo de Minas a cumprir agenda política na cidade desde as convenções partidárias. 

A visita acontece no mesmo dia em que está agendada audiência pública para tratar da questão orçamentária relativa ao segundo semestre de 2022 e as previsões para 2023. O encontro será a partir das 14h, na Faculdade de Engenharia. Em sua página oficial no Instagram o pré-candidato postou conversa com a prefeita Margarida sobre a falta de repasse e cortes orçamentários para as Universidades Federais.

"Sobre repasse. O que este Governo Federal fez com as Universidades Federais, que é o caso aqui de Juiz de Fora. Nós estamos vivendo aqui um problema e ele é muito grave. O abandono é geral. Nós estamos aqui num grande polo. Nós sofremos com a pandemia, chuvas e nós estamos levando", falou em entrevista durante caminhada pelo campus da UFJF.

Durante o encontro com lideranças políticas da região no Trade Hotel, no bairro Cascatinha, e, logo depois, na Associação Comercial e Empresarial de Juiz de Fora (ACES-JF), Kalil reforçou seu vínculo e candidatura ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e fez várias críticas ao atual governador de Minas Romeu Zema (Novo).

"O que nós temos que falar é que nada resiste ao abandono", disse ao iniciar fala sobre a Zona da Mata mineira. Ele enfatizou sobre as obras inacabadas do Hospital Regional de Juiz de Fora, que permanece com as obras paralisadas, para atacar o atual Governo de Minas.

"Em 2018, o governador parou atrás do hospital de Juiz de Fora e fez um longo discurso no horário político da televisão, dizendo que era uma vergonha o Hospital Regional não estar acabado. Eu também acho. Mas eu não prometo nada, porque não faço promessas. Só que o hospital continua inacabado. Um hospital como esse não custa menos de R$ 20 milhões por mês. Enquanto isso, ele aprovou, na Justiça, o plano de recuperação fiscal que proíbe contratação de funcionários. Ele impôs na Justiça e pediu na Justiça que este plano seja aceito. Como o hospital de Juiz de Fora vai funcionar sem contrata pessoal? É fazer a população de boba", questiona o pré-candidato.

Ainda durante fala, Alexandre Kalil enfatizou que a única coisa que prometeria seria o cuidado com a região e trazer infraestrutura. "Nós vamos prometer para essa região tão rica: cuidado. Nós temos que dar infraestrutura para isso aqui. Nós estamos igual quando entrei em Belo Horizonte em 2016. Nós vamos fazer o que? Nada neste estado funciona. Então meu grande desafio como governador é fazer funcionar".

O pré-candidato Alexandre Kalil (PSD) continua na cidade neste sábado (6) para reuniões internas.

Atualizada às 18h46

Crédito fotos:  Rodrigo Lima - Divulgação PSD  

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.