Juiz de Fora - MG

Vereadores eleitos apresentam propostas para Juiz de Fora

Projetos para as áreas sociais e que beneficiem os servidores são prioridades dos "novatos" do Legislativo

Andréa Moreira
Repórter
13/11/2012
Salão da Câmara de Vereadores de JF

Câmara Municipal de Juiz de Fora é composta por 19 vereadores. Para a legislatura de 2013 a 2016, dez são reeleitos, dois já exerceram mandato de vereador no período de 2005 a 2008 e sete irão ocupar uma cadeira na Casa pela primeira vez. O Portal ACESSA.com realizou uma série de entrevistas no mês de outubro com os vereadores reeleitos e, a partir desta terça-feira, 13 de novembro, e na próxima, dia 20, irá entrevistar os nove "novatos".

O consultor previdenciário Aparecido Reis Miguel Oliveira (PPS), conhecido como Cido, foi o segundo vereador mais votado nas últimas eleições, com 4.745 votos. Em 2008, já havia concorrido a uma vaga na Câmara, conquistando 2.610 votos. Sobre a expressiva quantidade de eleitores angariada em 2012, Cido a atribui à sua rotina. "No serviço que desempenho no dia a dia, tenho contato com muitas pessoas. Também faço, há alguns anos, trabalhos na área social e de esporte. Acredito que tudo isso me ajudou a conquistar tantos votos, os quais pretendo retribuir com muito trabalho e dedicação." O futuro vereador revela ainda que o esporte será sua principal bandeira. "Pretendo desenvolver projetos na área esportiva, direcionados a adolescentes e jovens."

Também ocupando pela primeira vez um cargo na Câmara de Juiz de Fora, o médico Antônio Santos de Aguiar (PMDB), conquistou 3.145 votos. Aguiar desempenha sua função de médico no serviço público municipal, por isso irá aliar os dois patamares para desenvolver seus futuros projetos. "Irei ficar mais atento aos assuntos relacionados à saúde, e pretendo, juntamente com meus colegas, realizar alguns projetos direcionados para portadores de deficiência. Também quero olhar para as questões do servidor público, afinal ele é muito importante para a cidade, pois onde estiver o funcionário público, ali está a Prefeitura." Apesar de nunca ter exercido um cargo político, Aguiar revela que sempre esteve envolvido em movimentos acadêmicos e sindicais, o que irá ajudá-lo no cargo de vereador. "Sei que não existem milagres, por isso, pretendo, por meio de muito trabalho e em conjunto com meus colegas, desenvolver projetos de interesses de toda a sociedade."

Outro novato será o professor de história e educador social da Associação Municipal de Apoio Comunitário (Amac) Jucélio Aparecido José Maria (PSB). Com 1.452 votos, Jucélio afirma que já possui projetos materializados que irão unir a assistência social com à educação. "Minha primeira diretriz será a valorização do jovem em todas as instâncias. Como segundo ponto, pretendo trabalhar para a valorização do profissional de educação. Outro ponto do qual pretendo cuidar diz respeito à valorização da diversidade, utilizando a arte e educação como mecanismo de promoção social e cultural." Mesmo sem ter exercido nenhum cargo político, Jucélio afirma que sua experiência de vida irá contribuir muito para o desempenho como vereador. "Politicamente minha atuação é constante, como negro, cidadão e professor. Irei unir isso ao papel básico do vereador, que é de fiscalizar as ações do Executivo, beneficiando, assim, toda a população de Juiz de Fora."

Apesar de não ocupar uma cadeira na atual legislatura, Luiz Otávio Fernandes Coelho (PTC), conhecido como Pardal, irá para o seu segundo mandato. No primeiro, exercido entre 2004 e 2008, Pardal conquistou 3.537 votos. "Quando fui vereador, consegui aprovar alguns projetos de interesse social e coletivo. Tentei a reeleição, mas não consegui, acredito que porque pertencia ao partido do ex-prefeito Alberto Bejani, que saiu envolvido em escândalos." Pardal, que ocupa a função de servidor público municipal, destaca que irá desenvolver projetos que valorizem toda a sociedade, mas que terá como foco principal os servidores. "Nos últimos anos, os servidores vêm perdendo vários benefícios. Então, lutarei para que esta situação seja revertida, afinal, o servidor é fundamental para o bom andamento de toda a cidade."

Os textos são revisados por Juliana França

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.