Juiz de Fora - MG

Violência nas escolas é tema de audiência pública

Lucas Soares
Repórter
24/9/2013

Os vereadores de Juiz de Fora se reuniram na tarde desta terça-feira, 24 de setembro, na Câmara Municipal em mais uma audiência pública. A pauta da reunião foi a crescente onda de violência nas escolas municipais. A audiência foi requerida pelo vereador Wanderson Castelar (PT).

O proponente abriu a sessão explicando os motivos que o levaram a requisitar a audiência, em especial, o não cumprimento da Lei 2.469, de 11 de janeiro de 2012, que instituiu a Área de Proteção e Segurança (APS) Escolar no entorno das unidades do município, de autoria do próprio vereador. De acordo com Castelar, a APS poderia evitar o crescente número de ocorrências registradas dentro das escolas. Entre 2009 e 2012, 673 casos de violência foram registrados nas escolas públicas de Juiz de Fora, entre alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental.

Quando a fala foi passada ao público, a professora Paula Mello leu uma carta aos presentes em que afirma ter sido agredida dentro da escola por exercer o dever de educadora ao chamar atenção de um aluno que intimidava seu colega de classe. Amedrontada, ela afirmou que enquanto alguns estudantes buscaram defendê-la, outros se aproveitaram da situação para tentar agredi-la novamente.

Para o vereador, "a audiência veio veio como uma forma de pressionar o poder executivo para o cumprimento da lei. A APS era uma ideia para conter essa onda de violência que chegou nas escolas de maneira muito forte e intensa, já que todo dia víamos algo na mídia sobre a violência nas escolas."

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.