Juiz de Fora - MG

Sábado, 8 de fevereiro de 2014, atualizada às 15h17

Em tom eleitoral, Anastasia inaugura Rede de Urgência e Emergência

Eduardo Maia
Repórter
Anastasia

O governador Antônio Anastasia (PSDB) esteve em Juiz de Fora neste sábado, 8 de fevereiro,  para a inauguração da Central Operativa da Rede de Urgência e Emergência Macro Sudeste, sede do Samu Regional, capacitada para atender a 94 municípios. Na comitiva do governador, também estavam os pré-candidatos ao governo de Minas, o deputado federal Marcus Pestana e ex-ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga, nome de preferência do senador Aécio Neves (PSDB).

A cerimônia foi marcada pelo tom político, com elogios parte do prefeito Bruno Siqueira (PMDB) ao governador e também ao ex-secretário de Estado da Saúde, Antônio Jorge Marques, postulante a uma vaga na Assembleia Legislativa. Bruno agradeceu a presença e deixou claro o seu apoio à candidatura de Anastasia ao Senado. "Agradeço a presença do governador Antônio Anastasia e dizer que, sem dúvida nenhuma, iremos no ano que vem com a sua presença, não mais como governador, mas em outro posto, inaugurar o Hospital Regional, que vai melhorar ainda mais a urgência e a emergência em Juiz de Fora", disse.

Pimenta e Antônio JorgeDurante o discurso, Anastasia fez referências às áreas mais delicadas de seu governo como a saúde e a segurança pública. Ele aproveitou para chamar a atenção do pré-candidato Pimenta da Veiga para os desafios das pastas. "Nós precisamos investir e trabalhar continuamente. Sabemos que a saúde pública, meu caro Pimenta da Veiga, é sempre a primeira das políticas públicas reivindicadas pela população. Na minha experiência pessoal, em mais de 30 anos de vida pública, não é a mais difícil das políticas públicas. A mais difícil é a segurança pública, porque nós temos no Brasil uma cultura de violência que precisa ser combatida", destacou.

Em coletiva à imprensa, Anastasia comentou de forma rápida o cenário político do partido sobre a corrida ao Governo de Minas. Segundo o governador, nesta segunda-feira, 10 de fevereiro, o partido irá se reunir para eleger o nome que disputará as eleições deste ano, mas que será oficialmente lançado em um evento com a presença de aliados. O nome de Pimenta da Veiga é o mais cotado para o posto, já que tem o apoio do candidato à presidência, o senador Aécio Neves.

Sobre os índices de violência em Juiz de Fora e no estado, o governador se comprometeu a mais investimentos no setor, com o aumento do efetivo das polícias Militar e Civil, bem como a instalação das câmeras do programa Olho Vivo e investimentos em programas preventivos de educação contra a criminalidade - Travessia, já realizado na Vila Olavo Costa, com o aporte de R$ 10 milhões. "Temos que reverter isso, combatendo as drogas. Vamos aumentar o efetivo das nossas polícias, quer civil e militar, investir ainda mais em equipamentos e no trabalho preventivo da educação, que é fundamental para termos uma cultura de paz e tranquilidade", afirmou.

O prefeito ainda entregou a carta assinada por ele e entidades representativas da sociedade em apelo ao governo estadual por ações que reflitam em mais segurança na cidade.

Obras no Museu começam na próxima semana

O prefeito Bruno Siqueira aproveitou cerimônia para agradecer os investimentos do Governo de Minas em alguns programas realizados na cidade e anunciar o início de algumas obras. Segundo Bruno, na próxima semana será assinado o contrato para início das obras do Museu Mariano Procópio, viabilizadas com a participação do Governo de Minas, pelo aporte de R$ 5 milhões. "É uma satisfação muito grande para o povo de Juiz de Fora que pode, a partir dessas obras, fazer parte da reabertura do museu, que faz parte da nossa história e do nosso país", destacou.

Além disso, Bruno citou o financiamento realizado pelo Banco do Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) à Cesama. Segundo o prefeito, até o mês de abril será inaugurada uma central de bombeamento (booster) próximo ao parque de exposições. Além disso, está prevista para maio, a inauguração da nova adutora para a trazer à cidade a água da represa de Chapéu D'Uvas, "garantindo o abastecimento por mais 20 a 30 anos em Juiz de Fora", salientou.

Consórcio

Rede de EmergênciaDa ordem de R$ 12,4 milhões, os recursos da Central de Operação da Rede de Urgência e Emergências foram aplicados pelo Governo de Minas para a compra de materiais, equipamentos e capacitação de equipes. Na Central localizada em Juiz de Fora, irão trabalhar profissionais (médicos, telefonistas auxiliares e rádio orientadores) capacitados em regulação dos chamados telefônicos que demandam orientação e atendimento de urgência. Ao receber um chamado, será realizada uma classificação e priorização das necessidades de assistência em urgência.

São 39 ambulâncias do Samu a serem distribuídas para as bases. Oito delas contam com um médico, enfermeiro e motorista. As outras 31 são de suporte básico, com um técnico de enfermagem e um motorista. Os municípios de Carangola, Juiz de Fora (duas unidades), Leopodina, Lima Duarte, Muriaé, Santos Dumont e Ubá serão contemplados com ambulâncias de suporte avançado. Para atender à rede, cerca de 400 profissionais de saúde e 20 administrativos já compõe o quadro de funcionários. A estimativa é atender a cerca de 1,6 milhão de pessoas.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.