Juiz de Fora - MG

Domingo, 26 de outubro de 2014, atualizada às 17h

Justiça Eleitoral substitui 2.231 urnas eletrônicas em todo o país

Até o momento, 2.231 urnas foram substituídas em todo o país, o que corresponde a 0,51% do total. Segundo o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dias Toffoli, o número confirma a expectativa positiva da adoção da urna eletrônica pela Justiça Eleitoral.

Segundo ele, o número de urnas substituídas está abaixo do que ocorreu no primeiro turno e nas eleições anteriores. "As urnas eletrônicas estão funcionando. Ou seja, a Justiça Eleitoral avalia que ela [a urna eletrônica] funciona e que não há nenhum tipo de problema [relevante ocorrendo]. Esses casos ocasionais e pontuais não são suficientes para que se diga que há alguma falha na organização das eleições", disse o ministro durante coletiva de imprensa.

Toffoli acrescentou que esse resultado positivo se deve, também, ao fato de o TSE ter "como rotina" substituir constantemente os equipamentos mais obsoletos por modelos mais novos, devido ao desgaste natural que ocorre nas urnas."Mas vale lembrar que, ao contrário de outros países, no Brasil foi a própria Justiça Eleitoral quem desenvolveu todo processo de votação eletrônica. A única coisa que se compra são os equipamentos, porque não somos fábrica de chips e de equipamentos eletrônicos. Tudo foi desenvolvido aqui dentro", disse o presidente do TSE.

De acordo com boletim do TSE, 542 ocorrências foram registradas. No total foram presas 147 pessoas - 65 delas por boca de urna.

Urna eletrônica é substituída por voto manual na capital paulista

Uma urna eletrônica foi substituída por votação manual durante a manhã deste domingo, 26 de outubro, na 450ª Seção Eleitoral, na Escola Estadual Professora Nair Toledo Damião, no bairro do Grajaú, na capital paulista. A informação foi dada pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) há pouco. Até o momento é o único caso de votação manual do estado.

Segundo o TRE-SP, a Justiça Eleitoral deverá recuperar os dados registrados na urna substituída por meio da memória fixa do equipamento, trocado às 10h30. A seção eleitoral tem 385 eleitores, mas não há informação sobre quantos já haviam votado.

De acordo com o TRE-SP, quando uma urna eletrônica apresenta problemas são retiradas as mídias de votação e colocadas em outra urna. Nesse caso, entretanto, o problema foi detectado nas próprias mídias, por isso esse procedimento não foi possível.

Com informações da Agência Brasil

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.