Juiz de Fora - MG

Sábado, 20 de dezembro de 2014, atualizada às 10h23

Governador e deputados eleitos por Minas Gerais são diplomados

diplomação

A Justiça Eleitoral diplomou na última sexta-feira, 19 de setembro, os candidatos eleitos em Minas Gerais no pleito de outubro. O governador eleito Fernando Pimentel (PT) e seu vice Antônio Andrade (PMDB), o senador eleito, Antônio Anastasia (PSDB) e seus dois suplentes receberam os diplomas das mãos do presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, desembargador Geraldo Augusto. A cerimônia foi realizada no Grande Teatro do Palácio das Artes, em Belo Horizonte (MG).

Também foram diplomados os cinco deputados estaduais eleitos de Juiz de Fora, Antônio Jorge Marques (PPS), Márcio Santiago (PTB), Isauro Calais (PMN), Noraldino Júnior (PSC) e Lafayete Andrada (PSDB). Além desses, a deputada Margarida Salomão (PT) e os deputados Marcus Pestana (PSDB) e Júlio Delgado (PSB) também foram diplomados para um novo mandato na Câmara dos Deputados a partir de fevereiro.

Fernando Pimentel iniciou seu pronunciamento falando sobre a emoção de estar ali "celebrando o mais importante instrumento da democracia: o voto popular". Sobre o voto, o governador eleito estendeu-se: "É ele, e só ele, que renova e revigora o tecido político da nossa sociedade. É dele que emana a legislação, as instituições e todo o arcabouço administrativo do país. O voto, enfim, é o fundamento primeiro do nosso regime político". Ao falar sobre o atual regime político democrático, Pimentel emocionou-se lembrando o fim da ditadura – causa pela qual sua geração lutou. O governador finalizou sua fala parabenizando os eleitos, agradecendo a Justiça Eleitoral e se comprometendo com o povo mineiro de honrar seu mandato.

Já o senador Antônio Anastasia falou sobre os três segmentos que compõem o processo eleitoral: o eleitor, o candidato e as instituições que permitem o funcionamento do sistema – os partidos políticos e a Justiça Eleitoral. Sobre a última, Anastasia destacou-a como prestadora de serviços exemplares ao cidadão, sendo a responsável pela consolidação da democracia. "Somos orgulhosos por termos uma Justiça Eleitoral que nos permite um processo de escolha que é eficiente, que é célere, que é confiável e que, sobretudo, reconhece, de fato, a vontade expressa por cada eleitor na urna onde coloca o seu voto".

Posse

No dia 1º de janeiro de 2015, tomam posse o novo governador eleito, Fernando Pimentel e seu vice, Antônio Andrade. Na ocasião, será repassada a faixa pelo atual governador Alberto Pinto Coelho (PP), colocando fim aos 12 anos da coligação encabeçada pelo PSDB à frente do Governo de Minas. Uma reunião solene na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) será realizada às 9h, dando posse ao governador eleito. Já a solenidade de transmissão de cargo será realizada às 11h, no Palácio da Liberdade.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.