Juiz de Fora - MG

Terça-feira, 3 de abril de 2018, atualizada às 10h22

Uso da bengala verde é instituído para ajudar pessoas com baixa visão

Da redação

A lei (13.683/18) que institui o uso da “bengala verde” em Juiz de Fora foi aprovada pela Câmara Municipal. sancionado nesta terça-feira. O instrumento é utilizado como auxiliar de orientação, apoio, mobilidade e de identificação de pessoas diagnosticadas com baixa visão. A autoria do projeto de lei é do vereador Wanderson Castelar.

De acordo com o texto de Lei publicado no Atos do Governo da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), na terça-feira, 27 de março, a “bengala verde” terá características semelhantes às da branca – em peso, tamanho e forma – podendo ter nas extremidades uma luz de led, a fim de facilitar sua identificação à noite ou em ambiente de baixa luminosidade.

Criada em 1996 pela professora argentina Perla Mayo, a bengala verde nasceu com o objetivo de identificar as pessoas com baixa visão. Segundo dados de 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, cerca de seis milhões convivem com dificuldade grande e permanente de enxergar. A cor foi escolhida para simbolizar esperança, ver-de-novo, ver-de-outra-forma. O Grupo Retina São Paulo trouxe o projeto para o Brasil em 2014 e, desde então, faz sua divulgação em território nacional.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.