• Assinantes
  • Autenticação
  • Política
    Quinta-feira, 24 de outubro de 2019, atualizada às 09h47

    Câmara aprova criação da Rota do Café Especial em Juiz de Fora

    Da redação

    Foi aprovado em terceira discussão pelo plenário da Câmara na reunião desta terça-feira, 22 de outubro, o projeto de lei de autoria do vereador Marlon Siqueira (MDB) que autoriza o Executivo a criar a Rota do Café Especial em Juiz de Fora, com o objetivo de ampliar o ambiente de negócios do setor, explorando potencial turístico com eventos temáticos e capacitação para produtores. Após aprovação, o projeto segue para a sanção do Executivo.

    De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Minas Gerais é o estado que mais produz café no Brasil, correspondendo a 54% da produção nacional. O mercado do café especial está em ascensão e de acordo com o vereador autor da proposta, Juiz de Fora abriga um grande potencial com um mercado consumidor crescente para os cafés considerados especiais, com grãos isentos de impurezas e defeitos, que possuem atributos sensoriais diferenciados.

    Além da qualidade, os cafés especiais devem ter rastreabilidade certificada e respeitar critérios de sustentabilidade ambiental, econômica e social em todas as etapas de produção. Com a nova lei, o Executivo está autorizado a criar a Rota do Café, abrindo espaço para a realização de feiras temáticas, que reúnem produtores e consumidores, com o objetivo de ampliar o ambiente de negócios no setor cafeeiro.

    "O objetivo é abrir um diálogo entre o Poder Público e o setor privado, de modo a divulgar e contribuir para a valorização do café especial, bem como estimular a economia local e o acesso a mercados de café especial, em razão da sua relevância na vida social e política de nosso Município", finalizou o vereador.

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.