Cal Coimbra Cal Coimbra 19/6/2009

Como eu sou lendo?

 

Cal CoimbraVamos nos prender hoje à percepção que temos da nossa voz. Este fator auxilia bastante na consciência e melhoria da qualidade da leitura e fala espontânea. É preciso encarar as características da voz para em seguida conquistarmos o espaço de comunicador.

Você pode fazer algumas perguntas básicas:

O reconhecimento da voz

- Como é a minha voz? É aguda? Muito grave? Nasalada? Monótona, sem energia de emissão? Acelerada? Lenta? Inexpressiva? Abafada? Forte, com muita intensidade? Neste caso, é prudente o uso de um gravador para escutar com atenção a sua voz e perceber se ela tem uma dessas características. Não se espante se ao ouvi-la. Achar que é muito diferente do que você se ouve, é natural.

A postura corporal

- Como se comporta meu corpo quando estou lendo?  Curvado? Cabeça muito erguida? Inclinada?  Inexpressivo? Fora de alinhamento? Sente-se distante do público? Travado? Excessivamente relaxado?  Estou me vestindo com roupa muito justa, apertada? Então! Neste caso, é muito interessante você fotografá-lo em momentos diferentes de leitura. Observe os flagrantes das expressões faciais e se o corpo está vestindo a roupa que merece. Use sempre roupas confortáveis, que vão deixar você à vontade.

- Já escrevi aqui em um de nossos artigos – A VOZ DE TODOS NÓS - que a voz humana representa uma fonte inesgotável e natural utilizada na expressão do prazer e na comunicação de todos os sentimentos. Reflete as emoções.

Agora, para ficar uma análise completa, filmar quando você estiver treinando a leitura pode ser enriquecedor. Você perceberá os detalhes que vão fazer a grande diferença para todo o processo de aprendizagem de leitura. As mãos costumam demonstrar se estamos calmos ou nervosos durante a apresentação.

Peça que alguém lhe ajude nesta análise. Outra opinião além da nossa é sempre proveitosa.  

As mudanças no comportamento da voz

Juntos, analisem estes itens:

- Esperava que a minha fala estivesse igual à que gravei?
- De fato, me surpreendi com a diferença da minha imagem vocal com a que foi mostrada na filmagem? Gostei? Ela é assim mesmo?
- Senti frustração, pois esperava que minha voz fosse mais bonita do que a que normalmente eu me escuto?
- O texto foi lido com expressividade? Em algum momento faltou expressividade?
- Minha voz demonstra insegurança? É firme?
- Que trechos da leitura podem ser melhorados? Quais estão bons?
- A minha postura corporal está em sintonia com a fala?
- A articulação das palavras está boa? Que fonema ou fonemas preciso treinar mais?
Por fim,
- O que preciso saber mais sobre a minha fala na leitura?

É Importante também você criar outros questionamentos. Quanto mais buscas, mais chances você terá de se tornar um comunicador diferenciado.

Boa leitura e até a próxima!


Cal Coimbra
é psicóloga e doutora em Fonoaudiologia
Saiba mais clicando aqui.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.