Sexta-feira, 28 de agosto de 2009, atualizada às 19h11

PJF prorroga prazo de afastamento de servidoras grávidas

Aline Furtado
Repórter

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) prorrogou por mais 15 dias o período de afastamento das servidoras que se encontram em período de gestação. Com a decisão, as 115 servidoras municipais grávidas, da administração direta e indireta, deverão permanecer em domicílio o máximo de tempo possível. Tal medida deve-se ao fato de as gestantes serem mais vulneráveis à doença.

A cidade contabiliza quatro casos confirmados de gripe suína. Foram registrados, ainda, dois óbitos suspeitos. Atualmente, Juiz de Fora apresenta um total de 26 pacientes internados, sendo oito em centros de terapia intensiva e 18 em enfermarias. Foram descartados nove casos suspeitos de um total de 137 pacientes que demandaram internações.

Agilidade no diagnóstico

A Fundação Ezequiel Dias (Funed) deu início, nesta sexta-feira, dia 28, à realização de diagnósticos de amostras suspeitas da Gripe A coletadas em todo o estado de Minas Gerais.

Parte do material necessário para os exames laboratoriais chegou à Funed durante essa semana, o que possibilitou a antecipação do diagnóstico. A instituição aguarda o recebimento do restante dos kits, o que possibilitará a realização de nove mil exames.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.