Quarta-feira, dia 14 de novembro de 2007, atualizada às 17h34

Campanha de vacinação contra rubéola termina dia 16 de novembro e mais de 30% do público alvo ainda está sem receber dose da vacina


Thiago Werneck
Repórter

A campanha de vacinação de rubéola está acontecendo desde abril de 2007, mas cerca de 60 mil pessoas, entre homens, de 12 a 39 anos e mulheres, de 12 aos 49, ainda não procuraram um posto de saúde para receberem uma dose da vacina. Até essa quarta-feira, dia 14 de novembro 130 mil pessoas já haviam sido vacinadas.

A campanha acaba nessa sexta-feira, dia 16 de novembro, mas quem não recebeu a dose da vacina ainda tem tempo de se prevenir contra rubéola. Os postos de saúde e Unidades Básicas de Saúde vão continuar a oferecer a vacina até que o restante das 60 mil doses acabem.

De acordo com a chefe do departamento de vigilância epidemiológica, Viviane Carneiro, a procura pela vacina tem sido baixa. "A campanha acontece desde o início do ano e ainda temos mais de 30% do público alvo sem a vacina. O que fizemos agora foi intensificar a campanha mais uma vez para que todos procurem a vacina".

A rubéola é uma doença contagiosa e tem sintomas de febre, manchas pelo corpo e nódulos no pescoço. Ao primeiro sinais do sintomas um médico deve ser procurado. A vacina é oferecida de forma gratuita nos postos de saúde. É preciso levar o cartão de vacinação para receber a dose, quem não tem deve solicitar, no próprio posto, que outro seja feito.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.