Quarta-feira, 26 de março de 2008 atualizada às 17h33

Justiça garante acesso a seis imóveis para o combate à dengue



Daniele Gruppi
Repórter

A Justiça autorizou o acesso a seis imóveis fechados que representam risco à população por serem considerados potenciais criadouros do Aedes aegypti, o transmissor da dengue. A data de entrada, entretanto, a estes locais ainda não está definida. Segundo a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde, há a dependência da disponibilidade do oficial de justiça que vai acompanhar o trabalho.

Os imóveis estão localizados na Rua Pedro Scapim, 320 (São Mateus), Rua Garibaldi Campinhos, 181 (Vitorino Braga), Rua Barão de Juiz de Fora, 206 (Santos Anjos), Rua Padre Arnaldo Jansen, 589 (Santos Anjos), Rua Maria Perpétua, 184 (Ladeira) e Rua Maestro Max Gefter, 236 (Santos Anjos).

Os agentes pretendem retirar os entulhos, eliminar os focos do mosquito e fazer o tratamento necessário no local. A assessoria da Secretaria Municipal de Saúde informa que a ação judicial foi movida porque não foi possível um contato com o proprietário. Outros imóveis também estão relacionados no processo.

Outra medida de combate à dengue, é a blitz educativa que acontece em dois pontos da cidade, na Avenida Deusdedith Salgado e na Rodoviária. O objetivo é alertar a população para prevenção da doença.

Conteúdo Recomendado