Ter?a-feira, 22 de abril de 2008, atualizada ?s 11h45

Cerca de 33 mil pessoas t?m problemas de hipertens?o em Juiz de Fora



Renata Solano
*Colabora??o

O Dia Nacional de Preven??o e Combate ? Hipertens?o ? no s?bado, 26 de abril. Por isso, as Sociedades Brasileiras de Hipertens?o, Cardiologia e Nefrologia, e a Federa??o Nacional das Associa?es de Portadores de Hipertens?o Arterial se re?nem em uma campanha. Em Juiz de Fora, a Liga de Hipertens?o Arterial "De Cora??o Aberto" e a Liga de Hipertens?o Arterial do Servi?o de Nefrologia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) participam da campanha.

Com o intuito de alertar a sociedade para o cuidado com a press?o alta, o lema da campanha deste ano ? "Tratar a press?o alta ? um ato de f? na vida". A doen?a atinge cerca de 30% da popula??o brasileira, chegando a mais de 50% na terceira idade. A disfun??o ocorre tamb?m entre jovens e est? presente em 5% das crian?as e adolescentes no Brasil.

Segundo a cardiologista e coordenados do servi?o de hipertens?o da Prefeitura de Juiz de Fora, Arise Galil, cerca de 33 mil pessoas est?o cadastradas no SUS por apresentar problemas de press?o alta. "A hipertens?o gera v?rias complica?es como o descontrole da press?o, derrame, infarto, cora??o crescido, problemas renais, problemas circulat?rios e at? morte", afirma.

Arise comenta que a hipertens?o est? normalmente relacionada ? vida adulta, mas que com o problema da obesidade, muitas crian?as e adolescentes apresentam dist?rbios na press?o arterial. "Trata-se de um conjunto de fatores, a pessoa pode ser hipertensa por fatores gen?ticos ou por fatores ambientais. Os fatores ambientais s?o mais f?ceis de controlar, basta que a pessoa tome alguns cuidados como evitar o sedentarismo, o uso de tabaco, a obesidade, o colesterol alto e o uso excessivo de sal na comida, por exemplo", descreve.

A campanha tem como foco alertar a popula??o sobre a import?ncia do tratamento, pois se trata de uma doen?a silenciosa, que n?o apresenta sintomas percept?veis, a n?o ser quando acontecem complica?es como o AVC ou infarto, duas das maiores causas de morte da popula??o brasileira.

Confira a programa??o
  • 18 de abril (sexta), de 09h ?s 11h, no Campus da UFJF, somente para servidores da institui??o
  • 22 de abril (ter?a), de 14h ?s 17 no SINTUFEJUF e no ICB, somente para servidores da Universidade
  • 23 de abril (quarta), de 9h ?s 11h e de 14h ?s 16h no Col?gio de Aplica??o Jo?o XXIII, atendimento aos servidores da UFJF
  • 24 de abril (quinta), de 14h ?s 17h no CTU, atendimento aos servidores da Universidade
  • 25 de abril (sexta), de 8h ?s 16h, no Campus da UFJF, no supermercado Bahamas do bairro S?o Pedro e no Centro Empresarial S?o Pedro

*Renata Solano ? estudante de Comunica??o Social da UFJF