• Assinantes
  • Saúde

    Quarta-feira, 28 de maio de 2008, atualizada às 15h22

    Pesquisas mostram que número de fumantes está caindo. Em JF, 24% da população fuma



    Priscila Magalhães
    Repórter

    O Dia Mundial Sem Tabaco é comemorado no próximo sábado, 31 de maio, e Juiz de Fora tem um motivo para comemorar. Segundo a assistente social do Serviço de Controle, Prevenção e Tratamento do Tabagismo, Hélia Dias, pesquisas mostram que o índice de pessoas fumantes vem diminuindo.

    Até 1990, 30% da população era fumante. Atualmente, o número é de até 24%. O motivo da queda é o investimento em políticas econômicas, da saúde e na legislação para coibir o fumo. "Nas regiões onde há a cultura do tabaco, tem-se estimulado o investimento em outras culturas. A saúde está oferecendo tratamento para quem quer parar de fumar e a legislação proíbe a venda de cigarros para menores de idade e o fumo em locais públicos".

    Hélia explica que, em 2005, o Brasil aderiu à Convenção-Quadro para o controle do tabaco. É uma convenção mundial, da qual fazem parte 192 países. "A função é articular ações para responder à questão da epidemia do tabaco, fazendo com que as pessoas alcancem melhor qualidade de vida".

    Atenção ao jovens

    O tema do Dia Mundial Sem Tabaco deste ano é "Juventude Livre do Tabaco". Ele foi escolhido em função de as pessoas iniciarem o uso do cigarro ainda jovens. Segundo Hélia, dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que 90% dos fumantes começam a usar o tabaco antes dos 19 anos. "A idade média é de 15 anos", ressalta ela. Por isso, a idéia é evitar que os jovens comecem a fumar.

    Hélia alerta que o cigarro está relacionado ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), à bronquite crônica, ao enfisema e câncer pulmonar, além de oferecer riscos para o feto. Segundo ela, dados do Ministério da Saúde mostram que a mulher grávida tem chance aumentada em 79% de risco de aborto, em 30% de perder o bebê próximo ou depois ao parto, em 40% de o bebê nascer prematuro e em 200% de ele nascer com baixo peso.

    Tratamento

    Em Juiz de Fora, algumas Unidades Básicas de Saúde já têm tratamento para quem quer parar de fumar. Os interessados devem entrar em contato com o Serviço de Controle pelo telefone (32) 3690-7714. "Nós vamos orientá-lo e encaminhá-lo para o profissional que atende na UBS do seu bairro. Se ela ainda não estiver cadastrada, vamos informar sobre quando o tratamento vai estar disponível".



    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.