• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Quinta-feira, 11 de setembro de 2008, atualizada às 12h51

    Vacinação contra rubéola é prorrogada até o fim do mês. Em Juiz de Fora, já foram registrados 58 casos da doença em 2007



    * Da Redação

    A Secretaria de Saúde, Saneamento e Desenvolvimento Ambiental (SSSDA) prorrogou a campanha de vacinação contra rubéola até 30 de setembro, medida autorizada pelo Ministério da Saúde. O objetivo é melhorar a cobertura vacinal da população e dar oportunidade para quem ainda não foi imunizado este ano.

    Até o último dia 05 de setembro foram aplicadas cerca de 151.897 doses, o que corresponde a 62% da população entre 12 e 39 anos. O principal público-alvo desta campanha são os homens - mulheres e crianças já foram beneficiadas em campanhas anteriores - mas a recomendação é que todos sejam vacinados, mesmo quem já tiver sido imunizado.

    Nos dias úteis, a vacina contra a rubéola continua disponível no Departamento de Saúde da Criança e do Adolescente, à Rua Espírito Santo 1.023, além de todas as unidades básicas de saúde (UBSs). Somente gestantes ou mulheres que estejam planejando gravidez não devem tomar a vacina.

    A rubéola é uma doença viral exantemática aguda, com taxa de contágio muito elevada. Sua importância epidemiológica está relacionada ao risco de abortos, natimortos e malformações congênitas, como cardiopatias, catarata e surdez, o que se denomina síndrome da rubéola congênita (SRC), quando a infecção ocorre durante a gestação.

    No país, em 2007, dos 8.407 casos de rubéola confirmados, 70% corresponderam a pacientes homens. Em Juiz de Fora foram registrados, no ano passado, 58 casos da doença.

    Campanha contra a Poliomielite

    Um total de 25.501 crianças foram imunizadas contra a paralisia infantil durante a campanha de vacinação em Juiz de Fora. Este número corresponde a 74,3% do total de 34.327 crianças entre zero e cinco anos do município. A vacina continua disponível em todas as UBSs e à Rua Espírito Santo 1.023.

    A segunda etapa da campanha deste ano, cujo tema é "Tem que vacinar, não pode bobear", prossegue até esta sexta-feira, dia 12 de setembro. Mesmo as crianças que estão com o cartão em dia deverão ser imunizadas, porque a dose da campanha é suplementar. Não existe contra-indicação para a vacina.

    As campanhas de vacinação contra a pólio são necessárias, mesmo nos países que já erradicaram a doença, como o Brasil, uma vez que o fluxo intenso e rápido de viajantes pelo mundo pode propagar o poliovírus.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.