• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Terça-feira, 07 de outubro de 2008, atualizada às 12h44

    Médicos que servem à Prefeitura vão parar suas atividades. Continuidade do movimento vai ser definida em assembléia



    Priscila Magalhães
    Repórter

    Médicos e servidores públicos estaduais da área de saúde cedidos à Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) vão paralisar suas atividades no dia 15 de outubro. Os detalhes e as próximas ações ainda vão ser decididos em assembléia nesta quinta-feira, 09.

    A categoria quer conquistar o valor referente à produtividade do setor, que corresponde a cerca de um salário mensal. Este benefício é pago aos funcionários que continuam prestando serviços para o governo do Estado. O secretário-geral do Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora, Geraldo Sette, diz que o próprio contrato que cede os profissionais ao município garante a eles os mesmos benefícios.

    O Sindicato também faz outras duas reivindicações que vão beneficiar todos os servidores estaduais, inclusive os que ainda servem ao Estado. Uma é a conquista da progressão por tempo de serviço, que, segundo Sette, não foi levada em consideração na tabela remuneratória do governo de Minas. A categoria também quer receber o adicional de insalubridade. "Não recebemos e isso prejudica a longo prazo, na aposentadoria especial".

    Sette diz que houve duas reuniões com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag) para discutir sobre a questão da produtividade do setor, entretanto a categoria não teve retorno concreto. Apesar de os funcionários serem contratados pelo governo de Minas, a Prefeitura vai ser notificada. "Ela é a tomadora de serviços". A assessoria da Seplag informou que as negociações salariais estão sendo debatidas entre a Secretaria e os sindicatos representativos.

    O Sindicato espera grande adesão ao movimento do próximo dia 15. São 350 profissionais estaduais da área de saúde municipalizados. "Mesmo os que atendem à urgência e emergência devem parar e os funcionários da Prefeitura vão fazer o atendimento".

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.