• Assinantes
  • Saúde

    Sexta-feira, 24 de novembro de 2008, atualizada às 16h30

    Vacinação contra rubéola em Juiz de Fora continua. Meta de imunização ainda não foi alcançada



    Daniele Gruppi
    Repórter

    Juiz de Fora ainda não alcançou a meta de vacinação contra a rubéola. Apenas 85% das pessoas na faixa etária entre 12 e 39 anos receberam a dose, ou seja, 202.491. Com objetivo de imunizar toda a população, a campanha iniciada no dia 9 de agosto continua nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), no Departamento de Saúde da Criança e do Adolescente (PAM Andradas e Espírito Santo).

    Devem procurar os postos de vacinação homens e mulheres com idade entre 12 e 39 anos. Mulheres grávidas ou que estejam planejando uma gravidez e aquelas imunodeprimidas, como as portadoras de HIV não devem tomar a vacina.

    A rubéola é uma doença contagiosa, causada por um vírus. Os principais sintomas são febre e manchas vermelhas no corpo. Entretanto, pode-se desenvolver sem apresentar os sinais. É transmitida de uma pessoa para outra, homem ou mulher, pela tosse, espirro ou pela fala. Na mulher grávida, pode provocar má formação do bebê, problemas no coração, surdez, cegueira e retardo mental. Segundo a Secretaria de Saúde Saneamento e Desenvolvimento Ambiental (SSSDA), a cidade registrou em 2007, 58 vítimas da doemça.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.