Quarta-feira, 6 de janeiro de 2009, atualizada às 15h12

Vacinação contra rubéola termina nesta sexta-feira. Cerca de 91% da população está imunizada


Daniele Gruppi
Repórter
Madalena Fernandes
Revisão

Os juizforanos entre 12 e 39 anos têm até sexta-feira, dia 9 de janeiro, para se imunizar contra a rubéola. Conforme o balanço divulgado pela Secretaria de Saúde, a Campanha de Vacinação contra a doença já aplicou 214.924 doses, o que corresponde a 91,2% da população. Além das UBSs, a Unidade das Clínicas Especializadas, que funciona na rua Espírito Santo, 1023, está disponível para atender a comunidade.

Mulheres grávidas, ou que estejam planejando uma gravidez, e as portadoras de HIV não devem se imunizar. As gestantes podem tomar a vacina após o parto. Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação é a única forma de prevenção contra a rubéola, doença infecto-contagiosa causada por vírus e que acomete crianças e adultos, embora esteja entre as enfermidades que os médicos comumente denominam como próprias da infância.

Os sintomas da doença são febre, manchas e urticária na pele, que dura aproximadamente três dias, e aumento de gânglios linfáticos. Pode se apresentar na forma subclínica, ou seja, sem sintomas. É benigna, mas quando ocorre durante a gestação há o risco de Síndrome da Rubéola Congênita, que pode comprometer o desenvolvimento do feto e causar aborto espontâneo, morte fetal e malformações congênitas como surdez, glaucoma, catarata e diabetes. É transmitida de uma pessoa para outra, homem ou mulher, pela tosse, espirro ou pela fala.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.