• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Segunda-feira, 20 de abril de 2009, atualizada às 13h25

    Associação de Hipertensos promove atendimento e seminário neste sábado


    Clecius Campos
    Repórter
    Foto de senhora auferindo pressão
    Em arquivo:
    • Cerca de 33 mil pessoas têm problemas de hipertensão em Juiz de Fora

    Quem passou pelo Parque Halfeld na manhã deste sábado, dia 25 de abril, teve a oportunidade de auferir a pressão arterial e receber informações sobre como prevenir a hipertensão arterial. A iniciativa é da Associação de Assistência aos Hipertensos de Juiz de Fora, em parceria com a Ouvidoria e o Conselho Municipal de Saúde.

    Estudantes de medicina e enfermagem da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e faculdades de saúde do município participaram da ação que comemora o Dia Nacional de Combate à Hipertensão, neste domingo, 26 de abril.

    No local, os pacientes fizeram um cadastro, informando idade, hábitos e a possível ocorrência de doenças associadas à hipertensão. "Dessa forma podemos ajudar aqueles que apresentaram alguma alteração. Estes pacientes estão sendo encaminhados para as UBSs", informa Roselina da Silva, secretária da associação.

    Segundo Roselina, cerca de 300 pessoas devem ser atendidas até as 13h. "A ideia é esclarecer a comunidade sobre formas de prevenção e diagnóstico precoce da doença." Dados da Secretaria de Saúde mostram que cerca de 30 mil pessoas sofrem de hipertensão em Juiz de Fora.

    Seminário

    A partir das 14h, a associação promove o 1º Seminário de Hipertensão de Juiz de Fora, no plenário da Câmara Municipal. "Serão quatro palestras sobre a saúde do hipertenso e um debate. Pacientes, agentes de saúde e conselheiros estão convidados." O evento é gratuito e aberto ao público.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

     

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.