• Assinantes
  • Saúde
    Sábado, 19 de setembro de 2009, atualizada às 11h

    Crianças recebem dose de vacina contra paralisia infantil

    Aline Furtado
    Repórter

    Foi comemorado, neste sábado, 19 de setembro, o Dia Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil. Em Juiz de Fora, a dose da vacina foi distribuída a crianças de zero a quatro anos em postos de atendimento montados em locais estratégicos, como Parque Halfeld, praças dos bairros Manoel Honório e São Mateus e Escola de Samba Real Grandeza, além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e postos de saúde.

    Até o fechamento desta nota, cerca de 350 crianças haviam recebido a dose no posto montado no Parque Halfeld. Segundo a chefe do departamento de vigilância epidemiológica e ambiental da Secretaria de Saúde (SS), Alessandra Mendonça, a meta era atingir entre 600 e 700 crianças apenas no Parque Halfeld até as 17h, quando serão encerradas as atividades do "Dia D".

    Números da SS mostram que de segunda, dia 14, até sexta-feira, dia 18, foram vacinadas 1.444 crianças com menos de um ano de idade e 3.042 crianças entre um e quatro anos. Isso representa 13% de todo o município. Na primeira etapa da vacinação, foram aplicadas doses a 90% de crianças das áreas urbana e rural. A meta para esta etapa é de que 95% das 33.300 crianças sejam vacinadas.

    De acordo com números da SS referentes à vacinação na zona rural de Juiz de Fora, entre segunda, dia 14, e sexta, dia 18, foram aplicadas cerca de 360 doses. A vacinação continua na próxima semana. Em Caeté, os pais poderão levar seus filhos na segunda-feira, dia 21, para receberem a dose entre 8h e 15h. Na terça, dia 22, a vacinação acontece em Toledos entre 8h e 14h. Já na quarta, no mesmo horário, as doses serão aplicadas às crianças de Dias Tavares.

    Em Juiz de Fora a vacinação deve ocorrer até a próxima sexta-feira, dia 25. "Mas isso depende da adesão à campanha realizada no 'Dia D'", afirma Alessandra.

    Embora a doença já esteja erradicada no Brasil, é importante que haja conscientização sobre a importância da vacina, a fim de que não haja sinais de reintrodução viral. "Não existe contraindicação. Só é aconselhável que aquelas crianças que apresentam febre alta recebam a dose quando o estado febril passar."

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.