• Assinantes
  • Saúde
    Segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010, atualizada às 17h20

    Começa campanha de conscientização e combate às DSTs. Mais de 50 mil preservativos serão distribuídos antes e durante o Carnaval

    Aline Furtado
    Repórter

    A campanha de conscientização e combate às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), incluindo a Aids, começou nesta segunda-feira, 8 de fevereiro, em Juiz de Fora. Os trabalhos serão reforçados no período pré-carnavalesco e durante os festejos, com distribuição de cartilhas, manuais, botons, panfletos, além de 50 mil preservativos masculinos e mil femininos.

    Segundo o coordenador do Programa Municipal de Combate às DSTs/Aids da Prefeitura de Juiz de Fora, Rodrigo Almeida, o foco da campanha desenvolvida no pelo Ministério da Saúde são as mulheres jovens, entre 16 e 24 anos, e a população homossexual. "Como Juiz de Fora é uma cidade universitária, a iniciativa tem como público-alvo os jovens, homens e mulheres, entre 15 e 25 anos."

    Os dados do Programa Municipal de Combate às DSTs/Aids revelam uma redução do índice de resultados soropositivos na faixa etária entre 13 e 29 anos, na cidade. O Centro de Testagem de Aconselhamento (CTA) registrou, em 2006, 39 casos. Em 2007, foram 28, enquanto em 2008 foram 17 e, em 2009, 16. "Estamos mantendo a estratégia que vem sendo adotada para que os números continuem caindo."

    Para toda a semana que antecede a Folia de Momo, estão programadas ações nos vários blocos que desfilam no Centro e nos bairros de Juiz de Fora. Além disso, serão desenvolvidos trabalhos nas Unidades de Atenção Primária à Saúde (Uaps), no Instituto da Mulher, no Departamento de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente (DSCA). "Serão realizadas palestras, além da distribuição de material aos usuários que estiverem aguardando atendimento. Nossa intenção é incentivar a testagem sanguínea, que vem sendo feita nas próprias unidades." Segundo o coordenador, a ideia é descentralizar as ações junto às escolas da cidade.

    Durante todo o Carnaval equipes atuarão na concentração e na dispersão do desfile oficial das escolas de samba, distribuindo material educativo e preservativos. No mesmo período, haverá distribuição de material em pontos como a rodoviária e salões de beleza da cidade.

    Entre os dias 10 e 12 deste mês, será montado um estande na galeria do PAM Marechal, onde será oferecido, gratuitamente, o teste para detecção de Aids. "O teste, que poderá ser feito entre 8h e 18h, é sigiloso. Não é necessário estar em jejum para a coleta do sangue."

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.